31.5.10

Ana Genezini homenageia idealizador da Exposição de Maquetes


A vereadora Ana Genezini (PTB), apresentou durante a 60ª Sessão Ordinária de terça-feira, 25, Moção de Aplausos, subscrita pelos demais pares, ao miniaturista municipal Odyr Magalhães, pela abertura da “Exposição de Maquetes – Entre no mundo em Miniaturas de Odyr Magalhães,” inaugurada em 20 de maio no Memorial do Imigrante onde o artista expôs miniaturas de pontos turísticos da cidade.
A exposição conta com o apoio da Secretaria de Cultura, que após a temporada no Memorial do Imigrante, será exposta na Praça Sant’Anna, região central do município, visando atingir um maior público de admiradores. As miniaturas são construídas a partir de materiais recicláveis e madeira, e retratam pontos turísticos do Rio de Janeiro, Vinhedo e outras cidades por onde o artista passou, não sendo produzidas para comercialização. “Artistas como o Sr. Odyr, que tão bem retratam nosso município merecem a nossa homenagem e agradecimento, pois eternizam paisagens e locais com sensibilidade e carinho” completou Ana Genezini.

Sobre o artista
Odyr Loya Magalhães tem 81 anos e mora em Vinhedo há 13. O artista produz miniaturas de vários lugares de Vinhedo como hobby. Na oficina montada em sua casa tudo é construído em madeira, nos mínimos detalhes. O artista valoriza muito os detalhes nas composições. “Minhas miniaturas não tem valor comercial e faço isso por puro prazer. Posso ficar o dia inteiro nisso que não me canso, pelo contrário, meu hobby me faz exercitar a mente e minhas habilidades manuais, que preservo até hoje”, explica Odyr. Suas peças já foram expostas na Escola Naval (RJ), Ministério da Fazenda (RJ), Instituto Cultural Brasil- Japão (RJ) e Receita Federal em Campinas.

Vereadores visitam mais uma entidade beneficiada por meio do Programa “Selando Parcerias


Um grupo de vereadores formado por Ana Genezini (PTB), Adriano Corazzari (PSB), Márcio Melle (PSB), Júnior Vendemiatti (PPS) e Donizete Lopes (PTB) estiveram na manhã do último dia 26, no Lar da Caridade de Vinhedo em mais uma visita semanal às entidades do município em evento que oficializa a participação das mesmas no Programa “Selando Parcerias”. Também estiveram no evento, membros da administração municipal acompanhados pelo prefeito Milton Serafim e representantes da entidade que atende, em período integral, 50 idosos.

O Lar da Caridade de Vinhedo é uma Instituição de Longa Permanência para Idosos, sem fins lucrativos e de caráter filantrópico, fundada em 1.969. Seu objetivo principal é o de proteger a “velhice desamparada”, através de assistência material, moral e religiosa, promovendo a reintegração dos idosos no seio de seus familiares responsáveis. Para esta instituição, a Prefeitura repassa cerca de R$ 300 mil como subvenção em auxílio aos serviços realizados.

O prefeito Milton Serafim explicou que o investimento em obras sociais está ganhando força entre governantes por todo país e que Vinhedo mantém a frente com iniciativas. “Os próprios candidatos à presidência ressaltaram durante debate em Brasília a importância do investimento no Social, Vinhedo já caminha neste sentido, apresentando, inclusive, projetos pioneiros para a região”, afirmou.

SOS Esperança e Vida

Na semana passada os vereadores também prestigiaram a oficialização da parceria com a “SOS Esperança e Vida” entidade que presta serviço de orientação e apoio sociofamiliar às famílias e indivíduos que se encontram em situações de vulnerabilidade e risco devido ao uso de substâncias psicoativas. Além dos vereadores, a visita foi acompanhada pelo empresário e pré-candidato a deputado estadual pelo PTB, Ricardo Izar Jr., que a convite da vereadora Ana Genezini veio conhecer o trabalho social desenvolvido na cidade.

Hoje a SOS atende cerca de 200 assistidos entre 4 e 70 anos. Para a SOS a Prefeitura repassa o valor de R$ 354.981,00 para a execução do projeto ‘Droga dependência’ e R$ 85.484,00 para a execução do projeto ‘Adoles-Ser’.

A SOS Esperança e Vida faz parte das 9 entidades contempladas no programa por meio do qual a Prefeitura repassa quase R$3 milhões a instituições da cidade em cumprimento a item do plano de governo municipal que propõe um aumento às ações ligadas à assistência e promoção social da cidade.
As entidades e os projetos assistenciais subsidiados pela Prefeitura passaram por seleção foram no final de 2009 após o lançamento de um Edital em que as instituições apresentaram formalmente à Prefeitura a intenção em receber subvenção e em quais projetos iriam atuar.

Os vereadores elogiaram a administração já que reconhecem o papel dos projetos sociais para o município: um ganho que não gera visibilidade, mas que representa uma importância imensa para a população. “Nós sabemos que quem recebe ajuda nunca mais esquece, muitas vezes o material é efêmero, mas a atitude dá esperança e multiplica iniciativas”, comentaram.

21.5.10

Ana Genezini quer ampliar política de isenção IPTU


Uma minuta de projeto de Lei de autoria da vereadora Ana Genezini (PTB) encaminhada na última terça-feira, 18, à Prefeitura, pretende a ampliação da política de isenção de IPTU a aposentados, pensionistas e pessoas com deficiência no município, através da revogação da Lei Municipal nº 2.554/ 2000 que trata da questão.
No caso de usufrutuários de imóvel de propriedade de aposentados ou pensionistas-viúvos e que dele se utilizem para sua residência e domicílio, os mesmos poderão gozar da isenção dos tributos municipais, de acordo com o previsto na minuta. O contribuinte maior de 65 anos, mesmo que não seja aposentado, fará jus ao benefício da isenção, desde que seja possuidor de um único imóvel, assim como o proprietário titular de um único imóvel, portador de deficiência (ou seu tutor) e incapacitado para o trabalho.
Além disso, o objetivo da proposta é de facilitar também o trâmite para obter a isenção, já que anualmente os que se enquadram no benefício previsto na lei atual têm que realizar todos os procedimentos burocráticos exigidos. Conforme explicou a vereadora, todo início de ano, quando os aposentados recebem seus carnês, eles têm que juntar uma série de documentos e apresentá-los na Prefeitura, mesmo que já tenham recebido a isenção em anos anteriores. “Minha sugestão ao prefeito é que em 2011 os beneficiários se dirijam a Prefeitura repitam a operação e que então, esse processo seja repetido somente após 3 anos”, explicou. A minuta prevê a criação do Cadastro Único de Beneficiários da Isenção Total ou Parcial do IPTU, através da Secretaria da Fazenda, que irá facilitar a renovação dos processos dos beneficiários inscritos e integrar as informações.
Além destes dispositivos, a minuta prevê ainda a ampliação da área requerida para obtenção do benefício. “É muito comum vermos muitos aposentados pagando saldo remanescente porque seu terreno ultrapassou um pouco da área permitida, então porque não estender esse benefício? Logicamente que serão mantidos os critérios de 100% de isenção para quem recebe até 3 salários mínimos e o de 50% de desconto a quem recebe entre 3 e 5 salários”. A lei atual prevê isenção das áreas construídas com até 120 m² e área total de 300 m². Se acatada esta proposta pelo Executivo, os contribuintes maiores de 65 anos, aposentados, pensionistas-viúvos, portadores de deficiência ou seus tutores, além de beneficiários de renda mensal vitalícia residentes no Município proprietários de único imóvel que possua área construída e ou territorial superior a 150 m² - desde que a sua área territorial não ultrapasse a 1000 m²- poderão gozar do benefício integralmente. A concessão de isenção parcial na ordem de 50% no valor do IPTU, está prevista para os beneficiários enquadrados na minuta com rendimentos superior a 3 (três) até 5 (cinco) salários mínimos vigentes no mês de janeiro do exercício de 2011. “Certamente o prefeito obedecendo ao seu plano de governo, que é trabalhar fortemente pelo social, entenderá o apelo do projeto e enviará a propositura para o Legislativo afim de que seja feita nova lei”, finalizou a parlamentar.

Projeto de Ana Genezini é destaque em jornal do município


Na última semana a vereadora Ana Genezini (PTB) foi destaque em uma das reportages no Jornal Tribuna de Vinhedo - veículo que circula nos municípios de Vinhedo, Valinhos, Louveira e Itatiba - por causa de minuta de projeto de Lei apresentada ao Executivo no início do mês sugerindo a criação do “Programa Municipal de Prevenção e Controle da Obesidade em Crianças e Adolescentes em Vinhedo”.
O objetivo do programa, segundo a vereadora, é a “promoção de ações e serviços destinados a prevenir e controlar a ocorrência de sobrecarga ponderal em crianças e adolescentes entre 12 e 18 anos”.
Entre as atividades propostas na minuta estão ações ações educativas sobre as causas e conseqüências da obesidade; realização de exame biométrico; reorganização no cardápio das refeições a serem servidas às crianças e adolescentes - elaborado por nutricionista em conjunto com o Conselho Municipal de Alimentação Escolar; fomento à prática de exercícios físicos adequados a cada faixa etária; matérias sobre a importância da alimentação equilibrada; entre outras que tenham o objetivo de alertar sobre o problema.
O programa também traz em seu conjunto de ações a premissa de atendimento clínico multiprofissional em vigilância nutricional individualizado às crianças ou adolescentes com sobrepeso ponderal; realização de avaliação antropométrica e nutricional capaz de auxiliar o diagnóstico e elaboração de exercícios físicos destinados às crianças e adolescentes através da Secretaria de Esportes.
Nos cardápios de restaurantes, lanchonetes, "fast-foods" e outros estabelecimentos instalados no município o projeto também estipula a obrigatoriedade de trazer informações sobre a quantidade média de calorias de cada porção servida.
De acordo com a justificativa do projeto, “a obesidade infantil, que já é considerada um caso de calamidade nos Estados Unidos, está se tornando um problema igualmente grave e preocupante para a classe médica brasileira. Segundo a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (Sbem), 15% das crianças e adolescentes do país estão acima do peso ideal, constatação inquietante para os profissionais de saúde”.
Para a autora da minuta, o projeto é de extrema importância para o município, pois ajudará a população crescer de forma sadia. “Investindo em prevenção, estaremos economizando com hospital posteriormente”, reforçou Ana Genezini.

Ana Genezini e Adriano Corazzari visitam obras no município


Conhecer as obras em andamento na cidade e exercer a função fiscalizadora que é atribuída à Câmara Municipal foi o objetivo da visita dos vereadores Adriano Corazzari (PSB) e Ana Genezini (PTB) nesta semana em vários bairros da cidade. As melhorias realizadas na cidade compreendem vários locais e têm implicação em difrentes setores do município, como: meio ambiente cultura e infraestrutura urbana.
O primeiro local a ser visitado pelas autoridades foi o bairro da Vila João XXIII onde os serviços de troca de tubulação de água foram concluídos, faltando apenas à parte de recapeamento do asfalto.
Conforme informaram os vereadores, a Sanebavi substituiu 9,3 km somente neste bairro, sendo que estão previstos ainda mais 30 km de tubulação, que evitará a perda de água no município. A substituição contemplará ainda outros 11 bairros como Jardim São Matheus, Vila Junqueira, Vila Romana, Santa Claudina, Jardim Três Irmãos, Jardim Junco, Jardim Itália, Jardim Santa Rosa, Jardim Alba, Jardim Brasil, Jardim Santa Emília, além de parte do Centro da cidade.
Também na Vila João XXIII Ana e Adriano conferiram o início das obras de construção do Centro Cultural do bairro que sediará projetos artísticos desenvolvidos pelo município, além de propiciar mais uma opção de lazer e cultura para a região dos Sete Bairros.
Outra obra que recebeu a visita dos parlamentares foi à pavimentação e drenagem das ruas Ursa Maior e Três Marias, ambas no bairro Mirante das Estrelas. Além do benefício que o asfalto trará para a infraestrutura do local, os vereadores ressaltaram o compromisso ambiental com a região, uma vez que, laudo técnico ambiental proferido pelo Ministério Público demonstrou que houve danos ambientais no córrego local, por causa da falta de infraestrutura.
Próximo a estas obras os vereadores visitaram também o reservatório de água – região do Cristo - e as recentes obras em seu entorno. Com capacidade para armazenar 1 milhão de litros, o reservatório é responsável pelo atendimento das regiões Jardim Paulista, Jardim Panorama, Jardim Miriam, Residencial Canjaranas, Jardim Melle, Vila João XXIII e demais bairros da região.
Para os vereadores, a cidade está repleta de obras que trarão mais qualidade de vida a população. “Além das obras físicas, não podemos esquecer das obras sociais que estão sendo feitas pelo município. Ambas trazem sua contribuição para Vinhedo, prova disso é a recente conquista da cidade que está entre as cem melhores do país para se viver”, reforçaram Ana Genezini e Adriano Corazzari.

Ana Genezini apresenta projeto de combate às doenças endêmicas


Especialistas afirmam que o combate a doenças como a Dengue depende diretamente de ações da população ao prevenir a reprodução de seu mosquito transmissor. Ciente disto, a vereadora Ana Genezini (PTB) apresentou na última terça-feira, 11, minuta de projeto solicitando a criação de programa para informar e prevenir as doenças desta natureza.
Denominado “Estratégia de Combate às Doenças Endêmicas no Município com Participação Comunitária” o programa sugere que o Poder Executivo incentive, capacite e credencie moradores voluntários para agir em grupos de combate à transmissão de diversas doenças endêmicas, ou seja, que ocorrem em determinada região e são de difícil erradicação porque geralmente são causadas por vetores externos, como a Dengue, por exemplo.
De acordo com a proposta, os grupos terão liberdade para organizar os trabalhos como desejarem obedecendo apenas às determinações das autoridades sanitárias municipais. Para o encaminhamento eficiente das determinações contidas na proposta, ela também permite a realização de parcerias público-privadas e ampla divulgação das ações, a fim de educar a população e também despertar o interesse de cada vez mais cidadãos.
Ana Genezini explica que a conscientização de toda uma população vem através de um processo lento e um projeto como esse deve ser posto em prática o mais rápido possível. “A conscientização deve ser duradoura e permanente. Não adianta lançar campanhas apenas na época de chuvas, quando os casos tendem a aumentar e as epidemias já estão instaladas. As ações de combate ao foco do mosquito devem ser mantidas durante todo o ano, em todas as regiões”.

Ana Genezini reivindica colocação de lixeiras no espaço da feira na Capela


Uma indicação da vereadora Ana Genezini (PTB) apresentada na última sessão da Câmara Municipal, no dia 11, pede ao Executivo que sejam colocadas mais lixeiras na região onde é realizada a feira de artesanato da Capela, tendo em vista, a quantidade de municípes que frequentam o local.
Conforme ressaltou Ana Genezini, além das lixeiras - que trarão mais higiene ao espaço - a vereadora sugere também que a empresa responsável pela limpeza na cidade passe no local após a realização das atividades, a fim de evitar o acúmulo e a dispersão do lixo proveniente das barracas.
A feira de artesanato da Capela realizada aos sábados no encontro das ruas 19 de Abril, Aparecida Ortiz de Camargo Cieni e Juliana Von Zuben, já é bastante tradicional no bairro e por isso, a vereadora ressalta a importância de manter o local sempre em ordem. “Além de ter muita gente circulando, venda de alimentos e artigos em geral, a limpeza do local valoriza o evento realizado pelos nossos moradores”, completou.

6.5.10

Projeto de informatização sugerido por Ana Genezini será realidade nas escolas


Pl 31/2010 que autoriza abertura de crédito especial para implantação dos centros de inclusão social nas escolas já está em tramitação na Câmara

Na última sessão, realizada na terça-feira, 4, entrou em tramitação na Câmara durante expediente apresentado pelo prefeito, o Projeto de Lei 31/2010 que solicita autorização dos vereadores para abertura de crédito adicional especial para implantação do Centro de Inclusão Digital, programa sugerido e apresentado ao prefeito pela vereadora Ana Genezini (PTB) no início do ano passado.
Em funcionamento na cidade de Campo Limpo Paulista, o projeto - que lá recebe a denominação de “Aluno Monitor”- é realizado com o respaldo da Microsoft e tem o objetivo de capacitar jovens com certificação em diversas faixas etárias da tecnologia e a inclusão digital de alunos do Ensino Fundamental. Em Vinhedo, o projeto deverá seguir os mesmos moldes da cidade vizinha, adpatando-o a realidade das escolas que receberão os centros.
De acordo com o ofício que encaminhou o projeto, quatro escolas vão sediar a benfeitoria: Profª. Maria de Lourdes Von Zuben, Abel Maria Torres, Dom Mathias e Magdalena Lébeis. O custo total da implantação é de R$ 181.779,09 sendo R$ 160 mil provenientes de convênio federal e R$ 21.779,09 de recursos municipais.
“Fico imensamente satisfeita em saber que aquela visita rendeu bons frutos a cidade e que graças a ela, poderemos ter uma cidade mais inclusiva e com mais oportunidade a todos”, comemorou Ana Genezini.

Ana Genezini garante acessibilidade em prédios públicos


Indicações da parlamentar que foram aproveitadas pelo Executivo garantirão acesso universal a pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida nos espaços públicos do município

Em atendimento as indicações da vereadora Ana Genezini (PTB) a Prefeitura de Vinhedo deu início essa semana às obras de infraestrutura em vários locais do município para melhorar a acessibilidade nos prédios públicos. Desde o ano passado a vereadora solicita a adaptação dos espaços por meio de rampas de acesso, sinalização e banheiros especiais, em conformidade com a Norma Brasileira de Acessibilidade (NBR-9050).
Um dos primeiros locais a receber a melhoria foi à sede da Prefeitura Municipal, que por ser antiga, nunca havia recebido nenhuma adaptação em administrações anteriores. Além da prefeitura o prédio do Procon, Cartório Eleitoral, Secretaria de Obras, Teatro Municipal e 31 unidades de ensino municipais integram a lista dos locais que receberão as adaptações que atendem o Decreto Federal 5296/2004 estebelecendo normas e critérios para promoção do acesso universal.
A vereadora Ana Genezini desde o seu primeiro mandato tem apresentado várias proposituras sobre o tema para contribuir com a causa. São mais de 23 indicações e 5 projetos de Lei que visam assegurar mais qualidade de vida as pessoas com deficiência, como por exemplo, a implantação de brinquedos adaptados em parques infantis, garantia de acomodação especial nos transportes público, criação do Banco Municipal de órteses, próteses e aparelhos locomotores, treinamento para que servidores municipais atendam em língua de sinais, Jogos para Pessoas com Deficiência, entre outras de igual importância. “O poder público tem necessariamente que dar o exemplo na questão da acessibilidade para podermos cobrar posteriormente de outros segmentos. Continuarei cobrando para que Vinhedo possa se tornar referência nesta questão”, afirmou a vereadora.