17.2.11

Ana Genezini indica incentivo à prática de pesca esportiva na Represa I


A vereadora Ana Genezini (PTB) indicou para a primeira sessão de 2011 a restruturação da Represa I com a inclusão de infraestrutura para a prática de pesca esportiva. Genezini afirmou que muitos vinhedenses praticam a pescaria como lazer ou forma de esporte e acrescentou que, embora o município possua alguns pesqueiros, é importante que a administração pública da cidade proporcione mais essa opção de esporte e entretenimento à população.
Para tratar deste assunto, Ana Genezini se reuniu na última segunda feira, 7, com o superintendente da Sanebavi, Odair Fernando Seraphim (Canjica) uma vez que a autarquia municipal já está desenvolvendo projeto para investimentos neste local, que irá contemplar ciclovia, pista de corrida, aparelhos de ginástica, quiosque, parque infantil e iluminação. Conforme destacou a vereadora “são muitos os vinhedenses que utilizam o local diariamente para a prática de atividades físicas e de lazer, e que, portanto, mais essa forma de diversão poderia ser propiciada, de forma regrada e sem ônus ao meio ambiente”.
Além da implantação da pesca esportiva – que deverá ser realizada em períodos determinados e regulamentados pela secretaria - Genezini solicitou estudos também para a instalação de brinquedos adaptados a pessoas com deficiência no parque infantil, uma antiga reivindicação da parlamentar em todos os playgrounds do município. As ideias e sugestões foram muito bem aceitas pelo superintendente que se comprometeu em verificar a viabilidade de complementação de tais sugestões no projeto.
A vereadora considera que a propositura é também um incentivo ao convívio com a natureza e hábitos saudáveis. “A pesca esportiva transmite a noção de respeito com a natureza e uma relação de convívio saudável, valorização e preservação de recursos”, explicou. Genezini também garantiu que o esporte aflora o sentimento de preservação do patrimônio. “Se a pessoa tem a chance de praticar um esporte e conviver num ambiente bem cuidado, dificilmente irá depredar o que foi conquistado para todos”, concluiu.

Represa II
Propiciar mais atrações aos municípes que frequentam a Represa II também foi pedido realizado pela vereadora Ana Genezini, desta vez ao secretário de Esportes e Lazer Gustavo Zampieri (Tubarão). Segundo o secretário, um investimento muito importante no setor já começou a ser posto em prática, já que a secretaria vem realizando melhorias em toda a Represa II para reativar as atividades como pedalinhos, passeios de lancha e outras para trazer mais diversão a um dos cartões postais de Vinhedo.
O secretário informou ainda que campeonatos, eventos culturais e demais atividades estão em estudo para levar mais pessoas aos atrativos turísticos da cidade. Por este motivo, a temporada da pesca somente será permitida em dias determinados para não prejudicar as atividades aquáticas.
Ainda sobre a pesca, Zampieri ressaltou que a Prefeitura está realizando um cadastro dos interessados já que é imprescindível o seguimento de algumas regras para o bom convívio entre os pescadores, como o respeito às datas do calendário e ao horário liberado para a atividade (das 7h às 18h); manter o local de pesca limpo; soltar sempre que pescar algum peixe da espécie Black Bess, além de outras determinações que visam o aproveitamento pleno da represa por todos os participantes e da preservação dos recursos naturais e dos animais. “Havendo interesse, os pescadores podem se reunir e montar uma associação, para assim promover encontros, formalizar regras e discutir demais especificidades do esporte, já que a atividade é bem popular no município”, sugeriu Ana Genezini.

Vereadores vivenciam “Passeio Rural” de Vinhedo e se encantam com atrativos




Do bagaço de cana à colheita de uva e milho, entre trilhas a pé, de troller, cavalgadas e, claro, as delícias do café colonial, cachaças, sucos e vinhos produzidos em Vinhedo. Tudo isso e mais um pouco foi conhecido por uma comitiva de autoridades, na quarta-feira, 9, composta pelo prefeito Milton Serafim, presidente da Câmara Adriano Corazzari (PSB) e vereadores Ana Genezini (PTB), Márcio Melle (PSB) e Júnior Vendemiatti (PPS), além de secretários municipais no passeio aos atrativos rurais da cidade, roteiro desenvolvido pelo projeto “Colhendo Frutos com Vinhedo” desenvolvido em parceria com o SEBRAE, Secretaria Municipal de Turismo e receptivo Nostro Canto Turismo.
“Vamos imaginar que vocês são visitantes de Vinhedo”, iniciou a turismóloga e guia turística Neusa Paes de Barros antes do embarque das autoridades. Aliando aspectos históricos, curiosidades, lendas e muito bom humor a comitiva foi levada a oito atrativos entre adegas, restaurantes, sítios e alambiques, que embora muitos desconheçam, estão situados no município e são responsáveis em encantar dezenas de visitantes aos finais de semana, impulsionados pelo Circuito das Frutas e pelas beldades de Vinhedo.
Dados do último semestre captados pelo receptivo turístico, revelam que mais de 4 mil visitantes estiveram em propriedades rurais e adegas da cidade, movimentando o comércio e trazendo renda à cidade. “Essa visita é uma vitória para o turismo vinhedense. Esses pontos turísticos estão belíssimos, com infraestrutura para atender bem os vinhedenses e os visitantes de outras regiões que queiram vir para cá, prova de que a nossa cidade tem muito potencial para atrair turistas”, declarou o prefeito.
Para o presidente da Câmara, que é um assíduo frequentador das reuniões do Conselho de Turismo e um dos responsáveis pela iniciativa de reativar o Conselho Municipal de Turismo, o passeio demonstra o potencial turístico que a cidade tem e o quanto está se trilhando para aproveitar tudo o que o turismo tem a oferecer. “A Câmara Municipal não só parabeniza, como apóia e se coloca a disposição para contribuir com todo o segmento. Contem conosco”, reforçou Corazzari.

Destinos
O primeiro destino foi o “Sítio Frediani” situado às margens da Rodovia Bandeirantes aonde as autoridades puderam conhecer 12 hectares envoltos a muita natureza, animais e apreciar um delicioso café colonial, com bolos, sucos, doces e geléias típicas com ingredientes produzidos na propriedade. O local regularmente recebe um número expressivo de visitantes para tomar um café da manhã ou chá da tarde. Em seguida, dois locais destinados as especialidades etílicas: Adega Della Bruna e o Alambique Andretta (antiga Cachaçaria Alambique), ambos especializados em cachaças e licores, comercializados a partir de R$ 5. “Estou muito surpresa e feliz com o que estou vendo. Sendo vinhedense “nata” eu ainda não tinha tido o privilégio de estar em lugares tão enraizados em nossa história. É preciso urgente que se crie um projeto para que todos os vinhedenses possam ter acesso a esse maravilhoso roteiro turístico rural”, disse Ana Genezini.
O almoço foi servido na Cantina e Adega Azzolin e contou com uma aula-exposição sobre os vinhos produzidos na cidade, ministrada por Ricardo Azzolin, integrante da Coopervinho Paulista. Além dos vinhos, o local é especializado em massas; algumas elaboradas especialmente para o roteiro. Logo em seguida as autoridades foram levadas a Adega Ferragut para conhecer os processos que culminam com a produção artesanal do suco de uva 100% natural, sem conservantes e açúcar, bem como as especialidades de vinho produzidas pela família, uma das adegas mais visitadas por turistas e uma das pioneiras a se adequar as orientações do SEBRAE.
O Empório, Restaurante e Enoteca Via Uno foi o próximo local a receber a comitiva. Embora esteja há dois anos na cidade, poucos são os clientes de Vinhedo que o frequentam, segundo o proprietário. “Acho muito interessante porque têm lugares que eu não conheço. Já estou fazendo propaganda desse roteiro porque quero que essa atividade cresça. Não é preciso buscar atrações fora da cidade, Vinhedo tem muito que mostrar. Estão todos de parabéns”, declarou Márcio Melle.
O Rancho Ferragut, mais conhecido como Cocheira do Zé Hélio também está inserido no roteiro e por isso, recebeu as autoridades que aproveitaram a passagem para andar a cavalo. Segundo a guia, o passeio a cavalo é bastante procurado por turistas. O passeio de 60 minutos é oferecido por R$ 20.
Por fim o último local a ser visitado pelo prefeito, vereadores e secretários foi o Sítio Morada do Sol que propicia além do turismo rural o ecoturismo, localizado nas proximidades da Caixa D’Água, onde aos domingos é servido um café da manhã colonial, ao som de moda de viola, chorinho e em meio a muita natureza e ar livre. Serestas, almoços especiais e happy hours são realizados com agendamento para um grupo de no mínimo 20 pessoas. “O passeio mostrou a potencialidade do município com relação ao turismo rural. Fiquei surpreso com a qualidade do atendimento. Podemos receber quem quer que seja que estamos preparados. Parabéns a todos os envolvidos, principalmente aqueles que estão há anos trabalhando para que esse roteiro se tornasse realidade", elogiou Júnior Vendemiatti.

Projeto
De acordo com o secretário de Cultura e Turismo, Paulo Mattos, a ideia da parceria com o SEBRAE surgiu em 2009 e foi estendida a todas as cidades que fazem parte do Circuito das Frutas – Atibaia, Indaiatuba, Itatiba, Itupeva, Jarinú, Jundiaí, Louveira, Morungaba, Valinhos e Vinhedo. Na ocasião, técnicos do órgão visitaram todos os pontos com potencial turístico da cidade (adegas, restaurantes, alambiques, hotéis, pousadas e sítios) e sugeriram algumas adaptações aos proprietários para que pudessem receber turistas. Muitos locais já estão totalmente adequados, enquanto outros estão em fase de reestruturação.
A intenção da secretaria agora com a finalização do folder contendo sugestão de percursos, é o de sinalizar melhor estes locais e divulgar os atrativos aos vinhedenses para que conheçam as atrações do município, além dos característicos pontos turísticos como Portal, Memorial do Imigrante, Cristo Redentor, Praças, Igrejas, Mosteiro e parques, para, posteriormente levar esses roteiros a outras regiões.
Na visita o prefeito Milton Serafim aproveitou para anunciar que outros atrativos turísticos estão em estudo pela admistração, para incrementar ainda mais o setor.

Ana Genezini se reúne com Superintendente da Sanebavi e discute projetos para abastecimento de água na Capela

A vereadora Ana Genezini (PTB) esteve reunida nesta semana com o Superintendente da Sanebavi, Odair Fernando Seraphim (Canjica) para discutir algumas reivindicações e dúvidas sobre o trabalho da autarquia no município. Genezini questionou Canjica acerca das partes que cabem à Sanebavi para a execução asfáltica do bairro Colinas de San Diego. O superintendente informou que já está adotando providências para substituição das redes de água e esgoto.
A falta de água nas regiões mais altas do bairro da Capela também foi relatada pela parlamentar no sentido de saber o que está sendo feito pela administração municipal para que esse problema seja solucionado. De acordo com Canjica, estudos estão sendo feitos para ampliação da ETA Santa Cândida a fim de dobrar a capacidade de tratamento e fornecimento de água. O projeto contempla também uma estação para tratamento de lodo e paralelamente a isso, a construção de um reservatório de 2 milhões de litros.
Conforme informou Seraphim, atualmente a capacidade de água tratada é de 170m³ por hora e com a ampliação da ETA passará a ser tratado mais de 200m³ por hora elevando a capacidade para 370m³ que somado aos 30m³ provenientes dos poços artesianos, totalizaria a produção de 400m³ por hora de água tratada. “O projeto será executado em dois módulos, este primeiro módulo aumentará a capacidade em 200m³ por hora e na execução do segundo módulo mais 200m³ por hora. Assim, quando o projeto for realizado em sua totalidade estará tratando 600m³/h e assim beneficiará a população da Capela, principalmente àquelas que residem em regiões altas do bairro”, explicou o Superintendente.
A vereadora, que mora na Capela, explicou que a região necessita de muita atenção quanto ao abastecimento de água e espera que as realizações sejam postas em prática com rapidez, uma vez que o bairro cresce em ritmo acelerado e novos conjuntos habitacionais estão previstos e acrescentou, “apoio os trabalhos realizados pela Sanebavi e reconheço que é de uma importância enorme para a cidade já que se trata de estrutura básica e necessária para a saúde e bem-estar de todos”.

10.2.11

FOTOS GOVERNADOR ALCKMIN - ABERTURA DA 50ª FESTA DA UVA







FONTE: http://www.saopaulo.sp.gov.br/spnoticias/lefotos.php?id=8335

7.2.11

Ana Genezini quer obrigatoriedade na instalação de placas com itinerário dos ônibus em pontos

Melhorar a infraestrutura dos pontos de ônibus do município e oferecer um transporte público com mais qualidade é o objetivo da vereadora e 1ª secretária, Ana Genezini (PTB) que desde o início do seu mandato tem apresentado vários pedidos a municipalidade para benfeitorias no setor.
Prova disso é a minuta de projeto de lei apresentada na terça-feira, 1, durante a primeira sessão ordinária do ano que prevê obrigatoriedade de instalação de placas com itinerário das linhas, horários, percursos e demais informações em todos os pontos de ônibus do município, já apresentada anteriormente. O objetivo, segundo a parlamentar, é o de facilitar a identificação dos usuários, que muitas vezes têm dificuldade em obter informações sobre o transporte público da cidade.
Conforme destacou a vereadora, é uma medida simples, mas que trará grandes benefícios para os que utilizam o transporte coletivo, principalmente para aqueles que desconhecem o município. “Não podemos esquecer que a cidade está crescendo, recebemos muitos visitantes, muitos bairros se expandiram. É preciso repensar o modelo de transporte público que temos hoje começando pela infraestrutura nos pontos de ônibus, que são precárias e precisam de melhorias”, justificou.
Outras solicitações como a substituição de pontos deteriorados, implantação de lixeiras, iluminação nas redondezas, mais linhas e o bilhete único também já foram pauta de reivindicação da vereadora.

Região da Capela
Ana Genezini cobrou ainda esta semana a construção de um ponto de ônibus com cobertura no Centro de Lazer “Aurora Sudário”, sentido Capela – Santo Antônio e a contratação de um cobrador na linha deste ônibus, após várias solicitações de moradores.
Como usuária, a vereadora sabe a vital importância de pontos de espera cobertos e seguros, chuvas repentinas e sol intenso prejudicam a vida do passageiro que muitas vezes está a caminho do trabalho ou compromissos importantes. “É direito do passageiro que paga sua passagem ter um local seguro e não ficar a mercê de um bom tempo para que chegue bem ao seu destino”, completou Genezini.
A vereadora também lembrou a importância da direção cautelosa e segura, por isso a necessidade urgente de cobrador para a linha Capela – Bairro Santo Antônio. “Como podemos cobrar prudência do motorista enquanto este exerce duas funções? Ele está lidando com vidas e com trânsito não se brinca”, protesta.

Genezini e Corazzari se reúnem com secretário Augusto e discutem obras de infraestrutura no município


O presidente da Câmara Municipal Adriano Corazzari (PSB) e a vereadora Ana Genezini (PTB) estiveram no gabinete do secretário de Obras, Augusto Braccialli no último dia 26, para fiscalizar o andamento de projetos e buscar soluções para problemas ocorridos nos loteamentos Parque Santa Rosa e Parque São José, que tem causado transtornos aos moradores da Capela, principalmente das Ruas Suíça, Tampinhas e Rocinha – Vida Nova.
Os moradores têm sofrido com o grande volume de água das chuvas que desce desses terrenos devido às obras terem alterado drasticamente a capacidade de absorção do solo. A reunião teve justamente a finalidade de buscar soluções para este problema vivenciado pelos moradores do local. Segundo informado pelo Secretário de Obras, a Prefeitura tem buscado agir neste sentido, realizando diversas fiscalizações, auditoria do projeto de águas pluviais, além de algumas notificações nas obras.
Antes que se inicie a pavimentação do local a Prefeitura solicitou a contratação de uma empresa especializada em estudo de solo que fez algumas recomendações para melhoria no local, como a colocação de aduelas de 2x1,5 mts para que se aumente a cpacidade de vazão entre as ruas mencionadas.
Além dessas medidas também deverá ser feito uma escada hidráulica no Vida Nova II para conter a descida da água e um piscinão para a contenção e suporte da água das chuvas. Ana Genezini também mostrou preocupação em relação ao córrego da Capela, e questionou acerca da necessidade de alargamento e desassoriamento, Braccialli explicou que novos estudos serão necessários, mas acredita que futuramente tudo será canalizado.
Obras de pavimentação e calçadas também foram questionadas pelos parlamentares, assim como a previsão para o início das obras de pavimentação asfáltica no Bairro Colinas de San Diego, que terá a licitação aberta em fevereiro conforme informado pelo Secretário, sendo que o início das obras está previsto para março. “Essa obra tem sido esperada com muita ansiedade, assim como em outros bairros como o Jardim Florido. Com certeza o Prefeito também olhará com carinho para estas regiões que ainda carecem de pavimentação asfáltica, e em breve as colocará na programação”, comentou Ana Genezini.
O secretário de Obras explicou ainda que a verba recebida pelo Programa de Aceleração do Crecimento (PAC) do Governo Federal será destinada para a pavimentação de diversas ruas do Jd. Florido, Vila Fontaine, além da Rua Afonso Garbuio, Ana Carolina Von Zuben e Rua Moacir Delaqua. Corazzari lembrou a importância dessas obras para a população, “Nos tempos de seca e chuva as famílias sofrem muito com a falta da pavimentação, esse com certeza é um investimento essencial”, finalizou.

Corazzari e Genezini averiguam consequências das chuvas com Defesa Civil e Secretaria de Transporte e Segurança


O presidente da Câmara Municipal Adriano Corazzari (PSB) e a vereadora Ana Genezini (PTB) estiveram no último dia 18 com o Secretário de Transporte e Segurança Antonio Falsarella e com o chefe da Defesa Civil Maurício Barone, conversando sobre as consequências das intensas chuvas que vem caindo no município e em toda região nos últimos dias, principalmente na última quinta feira, 13.
Parte da Rua João Edueta na Capela continua interditada pela Prefeitura devido à possibilidade de desabamento da ponte do rio Capivari cuja lateral foi levada pela força da correnteza gerada pela chuva do último dia 13, comprometendo sua estrutura. Essa mesma tempestade inundou parte da cidade de Louveira e casas no Condomínio São Joaquim por onde passa o rio Capivari.
Como medida de prevenção e urgência, já foi autorizada pelo Prefeito e Secretário a limpeza do trecho Vinhedo do Rio Capivari para retirada dos destroços, entulhos e sujeiras desta última cheia, o que contribuirá para evitar novos alagamentos.
Segundo Barone, a Defesa Civil trabalha com planejamento e organização, em Vinhedo o aperfeiçoamento dos trabalhos já começou a ser estudada, num período de médio e longo prazo acredita-se que o município já estará totalmente preparado para lidar com situações como esta. Falsarella disse que não só estrutura física é necessária para que o município esteja apto a reagir em situações como esta, mas também habituar as pessoas a colaborar, estabelecer parcerias com toda a rede municipal, oferecer treinamentos, desenvolver lideranças e estratégias também é essencial, será necessário ainda cadastrar pessoas e adequar às normas de voluntariado.
Hoje a Defesa Civil tem o papel de organizar e proteger a sociedade como um todo. Sua estrutura em Vinhedo está vinculada ao sistema de segurança municipal, tem um departamento alocado dentro da Secretaria de Transporte e Segurança e trabalha em conjunto com a GM, SERM e demais secretarias. Será publicado no Boletim Municipal o Plano de Ação Preventiva e Contingência na Defesa Civil, que doutrina as responsabilidades de cada secretaria, além do mapeamento de todas as áreas de risco na cidade baseadas em entrevistas e ocorrências que se repetiram por mais de dez vezes nos últimos três anos.
Ainda abordaram problemas relacionados às constantes inundações no córrego da Capela, principalmente na Rua Suíça onde recebe grande volume de água e terra por conta do empreendimento imobiliário aprovado em 2008, que deverá ser pauta de uma próxima reunião entre os vereadores Adriano Corazzari, Ana Genezini, secretário de Planejamento, Meio Ambiente e secretário de Obras.
Todas as áreas de risco estão sendo monitoradas com visitas diárias e leitura dos pluviômetros instalados, o que permite controlar com precisão o volume de água por região. Existem pluviômetros instalados no prédio da GM, região dos Sete Bairros, Capela e Pinheirinho, que ainda será instalado nesta semana. Essa setorização é muito importante para que estudos e ações sejam mais adequadas para cada situação.
Barone afirmou que a chuva pesada na madrugada de terça-feira, 18, fez com que a Defesa Civil fosse para a rua para monitorar pontos de possíveis alagamentos e deslizamentos de terra, a cidade ainda está em estado de observação.
Um treinamento já começou a ser pensado para estabelecer um planejameno regional para tragédias envolvendo a Defesa Civil de cada município da Região Metropolitana de Campinas (RMC). Não só para acidentes naturais, como para as grandes obras que ocorrerão em breve como à ampliação do Aeroporto de Viracopos, a passagem do Trem de Alta Velocidade (TAV), também exigem uma equipe bem preparada a nível regional.
Os parlamentares também pretendem dar todo apoio possível para que Vinhedo seja uma cidade bem preparada contra esses acidentes. “Tragédias como essa não escolhem local nem classe social, elas simplesmente acontecem e a única alternativa para que maiores danos sejam evitados é a preparação preventiva”, completaram os vereadores.

Investimentos em segurança
Novidades na segurança do município também foram abordadas durante a visita dos vereadores à secretaria. Eles conheceram o spray de gengibre, recém adquirido pela prefeitura. O spray garantirá mais eficiência no combate a tumultos e delitos já que sua ação é mais direcionada e não atinge, como ocorre com o spray de pimenta, as pessoas que estão ao redor. O produto, fabricado em Vinhedo, é biodegradável e não causa nenhum dano ao ser humano, sua ação dura cerca de meia hora e é facilmente lavado com água.
Outra novidade que dará ainda mais segurança aos vinhedenses é o software inteligente. Câmeras instaladas nas entradas e saídas da cidade serão capazes de registrar as imagens dos veículos que circulam em Vinhedo, o que diferencia este sistema das câmeras comuns é justamente esse novo software. Capaz de realizar pesquisas e identificar veículos por características como a cor ou determinados acessórios.
Veículos identificados como suspeitos acionarão um alarme na Central de Inteligência da Guarda Civil assim que passarem pelas câmeras. O equipamento ficará em testes durante a Festa da Uva, após esse período poderá ser instalado em todas as saídas da cidade. Guardas já estão sendo treinados para utilizar o sistema no Grupo de Inteligência Comunicação e Monitoramento (GICOM). Espera-se com essa nova medida que o número de furtos de veículos na cidade diminua consideravelmente.
Vinhedo tem um patrimônio ambiental muito importante e sua preservação ganha mais qualidade a partir de agora. Vinte guardas municipais estão recebendo desde o ano passado, aulas de legislação, fiscalização ambiental, técnicas de prevenção, combate a incêndios e salvamento aquático, terrestre e em alturas.
Os vereadores elogiaram o trabalho da secretaria e concordaram que o investimento em segurança é importantíssimo e deve ser constante. “Vimos que esses investimentos estão sendo feitos em tecnologia e aperfeiçoamento de nossos guardas, consideramos que essas são as melhorias mais valiosas”, completaram.