24.3.11

Ana Genezini solicita abertura de novas turmas do EJA

A vereadora Ana Genezini (PTB) recebeu nesta semana um ofício do secretário de Educação Jaime Cruz em resposta as suas solicitações sobre a necessidade de implantar novas turmas do EJA (Educação de Jovens e Adultos) nas escolas municipais Integração (região central) e André Franco Montoro (região Capela).
Segundo pedido feito pela parlamentar – também em forma de ofício - há uma grande procura na cidade de pessoas que desejam retomar os estudos, o que para a vereadora “é motivo de orgulho, já que o povo vinhedense quer se aperfeiçoar, estudar, progredir” e para isso novas turmas deveriam ser abertas, sobretudo, nestes locais indicados.
No entanto, de acordo com o ofício recebido pela vereadora, a formação de novas turmas deve seguir os critérios estipulados na Deliberação CEE nº 82/2009 que estipula o cumprimento de uma carga horária mínina. Por isso, todos os cursos correspondentes aos anos finais do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano) devem atender no mínimo 24 meses de integralização com 1.600 horas de efetivo trabalho escolar e idade de 16 anos completos para o início do curso, enquanto que os cursos correspondentes aos três anos do Ensino Médio devem atender no mínimo 18 meses de integralização, 1.200 horas de trabalho, e idade inicial de 18 anos.
Já quanto aos critérios de ingresso e permanência, Jaime Cruz informou que os alunos devem comparecer a 100 dias letivos no primeiro semestre e pelo menos 75% de frequência no segundo, com um desempenho na média igual ou superior a 5,0 para serem promovidos.
O ofício traz ainda as medidas adotadas pela Secretaria de Educação a respeito do curso, como a ampliação da carga horária nas séries iniciais para reforçar os conceitos básicos, essenciais as demais séries, e o desmembramento de sala de alfabetização no Centro Municipal de Ensino supletivo Fundamental e Médio de Vinhedo.
O secretário ainda informou à vereadora que as unidades escolares já estão atendendo com capacidade máxima de salas de aulas e número de alunos frequentes, o que inviabilizaria a formação de uma nova turma neste ano, além do fato de que muitos, não confirmaram sua matrícula, embora tenham realizado a inscrição. Fatores externos como: mudança de turno do trabalho, residência em outro município, telefone desatualizado, inviabilizaram a criação de mais turmas. Sobre a abertura de nova unidade escolar, o secretário informou que será necessária a contratação de uma equipe gestora, já que o concurso público anterior perdeu a validade em janeiro deste ano.
Para a vereadora Ana Genezini a resposta do secretário foi muito esclarecedora e com esses dados em mãos, é possível, começar a trabalhar desde já para que seja possível a partir de 2012 a abertura de novas turmas. “O EJA é uma grande oportunidade de progressão aos vinhedenses que não tiveram chance de estudar. O município dispõe de uma ótima estrutura para atender esse segmento, demandando novos estudos a partir do ano que vem, para que mais pessoas possam realizar os cursos e alcançar seus sonhos”, explicou.

A pedido de Ana Genezini, cadeira de rodas é repassada ao Velório Municipal


Um pedido antigo da Vereadora Ana Genezini (PTB) foi atendido essa semana pelo executivo, a disponibilização de uma cadeira de rodas no Velório Municipal para atender familiares e amigos das pessoas veladas. O objeto foi doado pela CEIVI à Prefeitura que, por sua vez, repassou o patrimônio ao Velório Municipal.
A medida tem como objetivo trazer maior conforto e tranqüilidade a população, “muitas pessoas de idade velam seus entes queridos todos os dias e precisam de um suporte especial, além de que as pessoas ficam muito sensibilizadas na hora da última despedida, podem passar mal e ficar sem força para acompanhar todo o enterro, por isso é fundamental a existência de uma cadeira de rodas no Velório para dar suporte ao cidadão nesse momento difícil”, justificou a 1° Secretária.
Em conversa com a Administradora do Cemitério e Velório Municipal, Eliana Melle, foi esclarecido que o cidadão que quiser fazer uso da cadeira deverá entrar em contato com algum dos funcionários do Velório para que disponibilize o objetivo e também preencher um termo de responsabilidade sobre o uso, para evitar confusões.
Ana Genezini ainda aproveitou a visita para manifestar a necessidade de se numerar as salas do Velório, “é uma forma de organizar ainda mais o lugar e orientar melhor a população que vem ao local”, salientou a parlamentar.


Ossário no Cemitério Municipal
Eliana Melle, responsável pelo Cemitério e Velório Municipal, sugeriu durante a visita da vereadora a construção de um ossário nas dependências do cemitério. Ossário é o local onde fica guardado os ossos exumados de um jazigo, e sua construção amenizaria o problema com relação à falta de espaço.
Ana Genezini entrou com indicação ao executivo na 93° Sessão Ordinária da Câmara Municipal pedindo estudos pra a criação do ossário. Para a parlamentar “o objetivo é também fazer com que as famílias que não possuem condição de comprar um jazigo tenham um lugar digno onde deixar os seus entes, e que as pessoas que tenham parentes enterrados em outras cidades ou estado possam transferir os ossos a esse novo espaço no município”.

Ana Genezini apresenta conjunto de melhorias para transporte público de Vinhedo


Um pacote com quatro indicações que tratam da questão do transporte público em Vinhedo foi reiterado pela vereadora Ana Genezini (PTB) nesta semana ao Executivo para trazer mais comodidade, conforto e economia aos usuários. Os pedidos já foram feitos pela 1ª secretária em 2009 e podem resultar em grande mudança na cidade, se implantados.
Um desses pedidos é com relação ao aluguel dos espaços existentes no Terminal Rodoviário Antônio Zechin (Jd. Alba). Segundo a vereadora, a locação de salas comerciais irá proporcionar maior conforto, com a disponibilização de serviços aos usuários, além de trazer renda ao município.
Outra indicação apresentada pela parlamentar é com relação à disponibilização de cadeiras de roda nos terminais, para facilitar o transporte de pessoas com deficiência. “Antes de tudo uma questão de cidadania, pois garante o livre acesso as dependências”, justificou.


Integração dos ônibus
Os outros dois pedidos realizados por Ana Genezini solicitam a integração do transporte coletivo em alguns trechos, visando diminuir o valor gasto por trabalhadores e empresas na concessão de vales transporte, como entre os terminais rodoviários. A vereadora reforça ainda necessidade de criar um novo terminal central no município – tipo conexão – para integrar a maioria das linhas do município e trazer mais agilidade aos usuários.
Conforme texto da indicação, “a construção deste terminal central é um dos passos mais importantes para a integração do sistema de transporte coletivo no município, possibilitando a integração fisíco-tarifária, onde o passageiro utiliza um ou mais ônibus para seu deslocamento pagando apenas uma passagem por trecho percorrido.”

Em continuidade ao cronograma de visitas, Vereadores e Prefeito visitam mais 16 obras em andamento


Seis vereadores acompanharam o Prefeito Milton Serafim e o Secretario de Governo José Luís Bernegossi nessa quinta-feira, 17, em visita a 16 obras em andamento no Município de Vinhedo.
O presidente da Câmara Adriano Corazzari (PSB) e os vereadores Rubens Nunes (PR), Márcio Melle (PSB), Ana Genezini (PTB), Carlinhos Paffaro (PR) e Donizete Lopes (PTB) verificaram in loco junto ao chefe do executivo as obras de reforma e ampliação do CEI Monteiro Lobato; CEI Sítio do Pica Pau Amarelo; E.M. Prof. Ricardo Junco Neto; E.M. Abel Maria Torres; Campo de Futebol da Vila XXII; Estádio Nelo Bracalente, no Bairro do Aquário; Centro Cultural e Praça da Vila XVIII; Corporação Musical do Jd. Itália; e o Lar do Idoso (ao lado do Centro Aquático da Melhor Idade). A pavimentação da rua detrás do Teatro Municipal, o recapeamento completo da Rua Joana Fabri Thomé (Jd. Três Irmãos) e construção de uma rotatória ao lado da Praça da Vila XXIII foram as obras de infraestrutura urbana fiscalizadas pelas autoridades municipais.
Uma visita em especial foi à Secretaria de Transportes e Segurança. Lá o Secretario de Segurança Toninho Falsarella falou sobre os novos semáforos que serão instalados na cidade, mostrou a Central que controla os radares inteligentes (DIGICOM) e as obras de infraestrutura para a implantação da cidade digital.
Adriano Corazzari salientou a importância da ação, “os vereadores devem acompanhar sempre o andamento das obras, pois além de cumprirem o seu papel de fiscalizar as ações do executivo, a Câmara tem aprovado todos os projetos de lei em benefício da população, sem contar que muitos trabalhos surgiram a partir de indicações dos nossos parlamentares”.

Sessão Solene em lançamento à Campanha da Fraternidade aborda meio ambiente e práticas sustentáveis


A Câmara Municipal de Vinhedo realizou pelo terceiro ano consecutivo em parceria com as paróquias municipais na última quinta-feira, 17, mais uma sessão solene ecumênica em lançamento à Campanha da Fraternidade 2011 (CF-2011), que este ano trouxe o tema “Fraternidade e a Vida no Planeta”, em alusão ao meio ambiente. Realizada na Paróquia Nossa Senhora de Lourdes, o evento atraiu grande público entre fiéis, autoridades municipais e eclesiásticas, bem como ambientalistas.
Os trabalhos foram abertos pelo presidente da Câmara Adriano Corazzari (PSB) que ressaltou o papel das campanhas realizadas pela CNBB (Conferência Nacional dos Bispos Brasileiros) que tratam de temas sociais e de grande relevância para a sociedade. “Como não poderia ser diferente este ano, o tema é de extrema importância para nós, pois é uma preocupação constante dessa cidade: o meio ambiente” e prosseguiu dizendo que “é tempo de unirmos forças para combatermos a exploração predatória da natureza e do consumismo desenfreado que já está afetando o clima e logo se transformará em irreparável prejuízo para toda a humanidade”.
Em seguida foi à vez do diácono arquidiocesano da Campanha da Fraternidade, João Vicente, explicar o porquê da escolha do tema, considerado vital não só para a Igreja Católica, mas para a continuidade da raça humana. “Vivemos sob o mesmo céu, no mesmo prédio e o que estamos fazendo com ele?”, indagou o diácono.
João Vicente ainda tratou da importância da utilização de energias renováveis (não derivadas do petróleo) como uma das alternativas mais bem sucedidas para o mundo. “A sociedade tem que ser protagonista na construção de alternativas para solucionar problemas ambientais com atitudes, práticas e mudança de comportamentos. E é sobre isso que nós queremos chamar a atenção de todos aqui”.
Ele também falou das ações práticas que estão sendo realizadas nas paróquias, com grande aceitação popular como a missa ecológica, campanhas para incentivar a separação do lixo reciclável e coleta do óleo de cozinha reforçando que “é um problema de todos e que deve ter a colaboração de cada um de nós”.
O arcebispo metropolitano Dom Bruno Gamberini explicou por meio de passagens bíblicas o papel do homem no cuidado com a natureza e pediu a todos os fiéis que aderissem à campanha. “Se cada um de nós jogasse um papel de bala nesta igreja, como ela iria ficar depois que fossemos embora? Então temos que fazer a nossa parte, no nosso quintal, antes de pensarmos no global”. Dom Bruno ainda falou dos últimos acontecimentos no Japão alertando que boa parte das catástrofes poderiam ser evitadas caso o homem colaborasse com a natureza e finalizou deixando uma mensagem para reflexão: “será que devemos deixar um planeta melhor para nossos filhos ou um filho melhor para o nosso planeta?”.
O prefeito Milton Serafim parabenizou a Câmara pela relevância do evento pedindo que todos saíssem do evento com uma ação prática a realizar. Milton Serafim também ressaltou algumas das ações realizadas pela municipalidade que vão ao encontro do tema como a conquista de 100% do esgoto tratado, relembrando o processo para construção da primeira Estação de Tratamento de Vinhedo. “Quando comecei a fazer aquela obra eu ouvia de companheiros de outros municípios que aquilo era problema do estado e da federação e não do município e agora nós sabemos que estávamos no caminho certo”.
O chefe do Executivo ainda citou alguns dados sobre como é feita a coleta de lixo no município, destacando o papel das cooperativas que reciclam 100 toneladas/mês e a coleta do orgânico que ultrapassa 1,5 mil toneladas/mês em Vinhedo. “Quem daqui sabe para onde vai o lixo de Vinhedo? Ninguém quase sabe por que a gente acha que ao colocar o sanito na rua, nossa tarefa está cumprida. E não é bem assim”, citando o estado dos aterros sanitários no Brasil.

Palestras
A ONG Elo Ambiental por meio do seu vice-diretor de projetos Edson Ferreira fez uma rica palestra tendo como pano de fundo o aquecimento global, suas causas, efeitos e soluções. De forma muito didática a ONG fundada há 14 anos no município, explicou quais são as metas da ONU até o final do século para conseguir baixar a temperatura do planeta. “Se pararmos tudo o que estamos fazendo agora e não liberarmos mais nenhum gás tóxico na atmosfera, ainda assim, o planeta demoraria para se recompor por mais de 100 anos alertou”.
Ferreira ainda citou o Programa “Vinhedo em Busca da Sustentabilidade”, desenvolvido pela entidade com o patrocínio da prefeitura que trará grandes ganhos ao município na questão ambiental, fazendo da cidade uma referência na questão.
A noite ainda contou a apresentação da secretaria municipal de Meio Ambiente, por meio das palavras do interlocutor no município do Projeto “Município Verde Azul”, o biólogo Getúlio de Alves Pereira, projeto desenvolvido pelo governo estadual que premia as cidades que mais se empenharem no cumprimento de requistos da área, envolvendo questões como: lixo mínimo, controle da poluição, entre outros.
O representante da secretaria falou da colocação de Vinhedo no ranking das cidades paulistas e algumas ações simples que poderiam ser adotadas pela população que trariam grandes benefícios a cidade, como a separação do lixo e abolição das queimadas. “Não vamos pensar lá no Japão e nem na Amazonia por enquanto, mas dentro de casa mesmo, para conseguirmos mudar algo. É só pensarmos: o que eu estou fazendo para melhorar a situação do planeta?”, questionou.
No final, Pereira fez um apelo para que todos levassem para casa folders, cartilhas e demais materiais realizados pela secretaria que esclarecem práticas simples e que podem ser realizadas por todos em colaboração à causa.

Outras atrações
Terminada as palestras orientativas o público pode assistir a uma esquete teatral encenada pelo grupo da Campanha da Fraternidade da Paróquia São Sebastião que retratou o papel do homem para a preservação do planeta.
Para encerrar os trabalhos a plateia pode ouvir e cantar o Hino da Campanha 2011 por meio da interpretação do Ministério de Música da Paróquia Nossa Senhora de Lourdes.
“Se cada pessoa que estiver na plateia levar uma ação prática do evento, seu objetivo terá sido cumprido. “Quero muito que isso seja possível”, finalizou o presidente do legislativo, Adriano Corazzari.

Vereadora Ana pede arborização para Praça Francisco Hitner


Uma atitude simples proposta pela vereadora Ana Genezini (PTB) encaminhada em forma de indicação à Prefeitura nesta semana visa fazer da espera pelo atendimento médico, um momento menos oneroso aos vinhedenses que utilizam a Santa Casa. Para tanto, a 1ª secretária sugere que seja realizado um projeto de arborização na Praça Francisco Hitner, espaço público que fica ao lado da Santa Casa de Vinhedo.
Pela proximidade com o Ambulatório de Especialidades da referida entidade, muitos pacientes aguardam sua vez nos bancos da praça, que não dispõem de sombra. “A praça está bonita, bem cuidada e com o plantio de árvores ficará com o visual mais caprichado, além é claro, de estarmos trazendo benefícios para o meio ambiente e, proporcionar ainda, em dias de calor forte, sombra fresca às pessoas e carros que utilizam do estacionamento ali disponível”, explicou a vereadora em visita ao local.

Construção na praça
Ana Genezini ainda constatou na visita que a edificação construída na praça está sem finalidade e que estudos poderiam ser feitos para que o local pudesse ser utilizado pela Santa Casa, como por exemplo: para construção de uma lanchonete que pudesse ser explorada em benefício à entidade.

Ana Genezini propõe modificações na forma de cobrança da taxa de lixo a entidades religiosas e assistenciais

A vereadora Ana Genezini (PTB) entrou com indicação no expediente da 92° Sessão Ordinária sugerindo uma modificação no critério usado para calcular a taxa da coleta de lixo de entidades religiosas e assistenciais.
A 1° secretária entende que tais estabelecimentos produzem uma quantidade mínima de lixo e a cobrança do valor da referida taxa é feita baseada na área de construção do imóvel. “Esse critério encarece sobremaneira o valor da taxa de lixo, haja vista que a cobrança é contraditória, vez que a quantidade de dejetos produzida é bem inferior, quase mínima, diante do valor cobrado”, justifica-se.
Além deste critério a vereadora reforçou o papel social que essas entidades têm para o município, desenvolvendo programas humanitários e de caráter assistencial, o que deveria ser levado em conta pelo Poder Público, podendo ser revertido em benefícios a estes órgãos. “O Prefeito Milton Serafim publicou o maior Pacote de Justiça Fiscal e Social em nosso Município, essa medida com certeza viria complementar essa ação e possibilitar que as entidades religiosas e assistenciais paguem somente pelo lixo que produzem sem exagero no valor cobrado ou ainda sejam totalmente isentas deste pagamento”, finalizou Ana Genezini.

18.3.11

Em nova rodada de visitas, Prefeito e vereadores percorrem 16 obras




O Prefeito Milton Serafim e seis vereadores da cidade - Adriano Corazzari (presidente da Câmara Municipal) , Ana Genezini, Rubens Nunes, Marcio Melle, Donizete Lopes e Carlinhos Paffaro, além do secretário de Governo, José Luís Bernegossi, percorreram 16 obras em andamento na última quinta-feira em Vinhedo.



O grupo foi verificou in loco obras de reforma e ampliações no Centro de Educação Infantil Monteiro Lobato, Pequeno Polegar, Picapau, Escola Municipal Prof. Ricardo Junco Neto e Abel Maria Torres, dos campos e futebol da Vila João XXIII e do Aquário, Centro Cultural, Praça e Rotatória na Vila João XXIII, Corporação Musical, Lar do Idoso (ao lado do Centro Aquático da Melhor idade). Percorreram a rua atrás do Teatro que está tendo seu traçado modificado para desafogar o trânsito da Monteiro de Barros, e conferiram de perto o asfaltamento da Rua Joana Fabri Thomé. Foram também na Secretaria de Transportes e Segurança onde o Secretário Antonio Luiz Falsarella falou sobre os novos semáforos que serão instalados na cidade, mostrou a Central que controla os radares inteligentes (DIGICOM) e conheceram as obras de infraestrutura para a implantação da cidade digital.



“É muito importante que os vereadores conheçam essas obras, pois muitas delas são ações internas em escolas e creches que podem passar despercebidas pela maioria da população”, declarou o Prefeito Milton Serafim.

Ana Genezini solicita melhorias e ampliação da biblioteca municipal

O hábito da leitura tem muitos benefícios no aprendizado infantil, além de propiciar novos conhecimentos, vivências de outras realidades e costumes, como também uma forma saudável de lazer e entretenimento. Pensando nestas características a vereadora e 1ª secretária Ana Genezini (PTB) reiterou nesta semana três Indicações de sua autoria que beneficia a Biblioteca Municipal.
A primeira delas solicita à secretaria responsável que amplie o horário de atendimento e funcionamento do órgão, para que mais pessoas tenham acesso aos serviços oferecidos. Ainda no local a vereadora reforça a necessidade de construção de banheiros públicos para atender os usuários, que atualmente utilizam os da Escola Municipal Integração. “Até que uma nova biblioteca seja construída na cidade, devemos dotar a já existente de melhores condições para os usuários. Estimular a leitura é um ótimo exercício para a imaginação e assimilação de novos conhecimentos”, reforçou Ana Genezini.
A informatização da unidade também foi solicitada pela vereadora ao ressaltar que “a internet facilita a busca e é uma grande aliada aos estudos, uma vez que, a informática já está inserida em todos os segmentos da sociedade, com o objetivo de facilitar a vida das pessoas, sendo principalmente no setor educacional”.
A vereadora ainda reiterou a necessidade de construção de uma unidade totalmente informatizada no bairro da Capela, maior e distante região da cidade, já que os estudantes e os amantes da leitura necessitam se locomover até o centro para realizarem seus estudos e pesquisas. “Segundo informações de um amigo e frequentador assíduo da biblioteca municipal, hoje o acervo existente comporta tranquilamente a implantação de uma biblioteca no bairro da Capela. Eu entendo que com todos os investimentos que o Prefeito Milton Serafim vem fazendo na educação e cultura, esse projeto viria somar em benefício da população”, afirmou Ana Genezini.

4.3.11

Prefeitura investe em infratestrutura urbana


As obras de infraestrutura urbana realizadas pela Prefeitura foram visitadas pelos 10 vereadores de Vinhedo juntamente com o prefeito Milton Serafim e o secretário José Luís Bernegossi.

A Prefeitura dá sequência à obra de infraestrutura urbana nas vielas do Jardim Paineiras. Está sendo feito levantamento do muro de arrimo de 1 a 5 metros de altura e concretagem da viela para que a água pluvial seja direcionada à tubulação das ruas.

As vielas estão sendo construídas pela Prefeitura para proporcionar mais segurança aos moradores do bairro e evitar desbarrancamento de casas na região.

Na Rua José de Rezende Meirelles, no bairro Santa Cândida, está sendo feita a troca da tubulação atual por aduelas. O objetivo da ação é aumentar a vazão de água no local e, consequentemente, evitar erosões e desabamentos.

Outra obra visitada foi na Rua Rosa Zanetti Ferragut, no Jardim Primavera, que liga a Avenida Independência a região do Portal. Na via, com aproximadamente 920 metros de extensão, foi realizado projeto de drenagem para solucionar freqüentes inundações em período de chuva, com instalação de novos drenos e bocas de lobo. Foram trocadas guias e sarjetas em mau estado de conservação, além da preparação do solo com reforço de rachão e base de bica corrida para recebimento de nova camada asfáltica. A Sanebavi – Saneamento Básico Vinhedo – realizou a troca da tubulação de esgoto.

A obra de abertura da rua que passará atrás do Teatro Municipal Sylvia de Alencar Matheus segue em ritmo acelerado.

No local a Prefeitura realiza serviços de pavimentação, reforço de sub-leito, drenagem e adequação da rede de esgoto existente.

Segundo o prefeito Milton Serafim a obra ajudará a desafogar o trânsito na Rua Monteiro de Barros, nos horários de pico.

O motorista que estiver trafegando pela Avenida Edenor João Tasca, sentido Centro, além da opção de entrar na Avenida Otávio Tasca para seguir sentido Sesi, terá a opção de passar por baixo do viaduto Liberato Seraphim, entrar à direita na Rua João Ortiz de Camargo, paralela a estação ferroviária, passar atrás do Teatro Municipal e desembocar na Rua José Matheus Sobrinho (continuação da Rua Monteiro de Barros), na altura da Rua Jundiaí.

Parte do estacionamento de veículos será mantida no local.

Visitaram os locais os vereadores Adriano Corazzari, Ana Genezini, Carlinhos Paffaro, Rubens Nunes, Marta Leão, Marcio Melle, Izael Viel, Donizete Lopes, Junior Vendemiatti e Geraldo Rodrigues Frois (Cidinho).

Prefeito e vereadores visitam obras do novo Portal de Vinhedo

Detalhes da construção do novo Portal de Vinhedo, no acesso a Itatiba, também foram apresentados pelo prefeito Milton Serafim aos 10 vereadores de Vinhedo, durante a visita as obras realizada na última sexta-feira, dia 25. Estavam presentes o presidente da Câmara, Adriano Corazzari, os vereadores Izael Viel, Rubens Nunes, Carlinhos Pasffaro, Ana Genezini, Marta Leão, Marcio Melle, Donizete Lopes, Geraldo Rodrigues Frois (Cidinho) e Junior Vendemiatti, além do secretário de Governo, José Luís Benegossi.

A obra inclui um complexo turístico com mirante para o turista ter acesso ao monumento do Cristo Redentor. No local, os visitantes encontrarão dois elevadores para permitir acessibilidade, espaço destinado à alimentação, lanchonete, banheiros públicos adaptados, espaço para atividades ao ar livre e concha acústica com arquibancadas e palco para apresentações culturais. Haverá um espaço para exposições com temáticas históricas e turísticas do município, por isso o prefeito Milton Serafim já solicitou que em uma sala seja montado um espaço para homenagear o Monsenhor Favorino Carlos Marrone. “A história de vida do Monsenhor está diretamente ligada a história de Vinhedo. Ele fez muito por nosso município e merece ser homenageado”, destacou o prefeito Milton Serafim.

A idéia do chefe do executivo é também instalar um teleférico no local até a região das represas.

Vereadores homenageiam organizadores da 50ª FUV durante a 90ª sessão


Em clima de festa e em dia de casa cheia, os vereadores homenagearam - por meio da Moção de nº 12/2011 aprovada com unanimidade na sessão da semana passada - o prefeito de Vnhedo, Milton Serafim, pelo brilhantismo na realização da 50ª edição da Festa da Uva de Vinhedo e 2ª Festa do Vinho, ocorrida entre os dias 5 a 20 de fevereiro. O certificado alusivo, assinado por todos os vereadores, foi entregue na última terça-feira, 1º de março, durante a 90ª sessão legislativa.
Conforme reforçou o presidente da Câmara, Adriano Corazzari (PSB), a honraria é estendida a todas as pessoas que trabalharam para que o evento fosse realizado, desde os integrantes da Comissão Organizadora, Associação Comunitária Vinhedense de Educação e Cultura (ACOVEC), representantes da Secretaria da Cultura, guardas municipais, policiais, produtores rurais, motociclistas, músicos, artesãos, expositores, cavaleiros, vinheteiras, servidores públicos, entre outros que lotaram as dependências do plenário. “Em nome de todos os vereadores desta casa, não só agradecemos pela presença, mas principalmente pelo trabalho na festa que muito tem engrandecido nosso município. Muito obrigado a todos vocês”, elogiou.
Fazendo uso de suas atribuições enquanto presidente, Corazzari suspendeu a sessão por dez minutos - entre o expediente e a ordem do dia - e concedeu a palavra ao chefe do Executivo para que pudesse fazer um balanço da festa, evento esse classificado pelos vereadores como “inédito, brilhante e de tamanha importância para o município”.

Pronunciamento Milton Serafim
O prefeito Milton Serafim agradeceu a moção recebida em nome de todos os organizadores do evento, ressaltando que ela representa “o reconhecimento de uma casa de leis pelo trabalho realizado; que não é só um trabalho do prefeito, é um trabalho da comunidade vinhedense, de todas as pessoas que participaram dessa festa”, iniciou parabenizando nominalmente todas as associações e colaboradores presentes.
O prefeito ressaltou seu contetamento com o número recorde de visitantes de outros estados na festa. “As pessoas estão vindo pra Festa da Uva de avião; com o crescimento do Aeroporto de Viracopos os visitantes passam os finais de semana aqui e depois voltam de avião para seus estados; isso é progresso, é mostrar Vinhedo para o Brasil; e por isso a importância dessa moção de hoje”, prosseguiu dizendo que “valorizar a Festa é valorizar o trabalhador vinhedense e aqueles que se dedicam ao município”.
Os recordes alcançados por essa edição também foram elucidados pelo chefe do Executivo, informando que foram mais de 437 mil visitantes, 130 mil quilos de frutas comercializadas, 17 mil garrafas entre vinho e suco vendidas e demais números relacionados à festa.
Milton Serafim finalizou seu discurso dizendo de forma divertida que está preocupado com a próxima edição da Festa da Uva “tendo tantos recordes para bater; o parque está pequeno para tamanha imensidão do evento”.
Após as palavras do prefeito, todos os participantes da festa se aglomeraram no plenário da Câmara, para fazer uma foto oficial da homenagem.

Prefeito leva vereadores para visitar 26 obras em andamento


O prefeito Milton Serafim percorreu os quatro cantos de Vinhedo para mostrar aos 10 vereadores de Vinhedo as obras que estão em andamento no município. Participaram da visita o presidente do Legislativo, Adriano Corazzari, os vereadores Ana Genezini, Marta Leão, Rubens Nunes, Marcio Melle, Izael Viel, Junior Vendemiatti, Carlinhos Paffaro, Geraldo Rodrigues Frois (Cidinho) e Donizete Lopes, além do secretário de Governo, José Luís Bernegossi.
Antes de iniciar o percurso o prefeito apresentou ainda em seu gabinete a planta de projetos que já tiveram início e algumas que estão em andamento, como a UPA – Unidade de Pronto Atendimento (uma estrutura de complexidade intermediária entre as Unidades Básicas de Saúde (UBS), o Pronto Atendimento da Capela e o Pronto Socorro da Santa Casa, compondo uma rede organizada de atenção aos casos urgentes); a Arquibancada que está sendo construída no Centro Recreativo e Esportivo Nelo Bracalente – Campo do Aquário, que terá assentos com capacidade para comportar cerca de 2 mil pessoas sentadas. A arquibancada será instalada nos dois lados do campo e terá partes cobertas.
O prefeito Milton Serafim também apresentou detalhes do local que irá comportar o projeto Quero Vida, destinado ao atendimento de pessoas com mais de 60 anos que estejam em situação de vulnerabilidade ou risco social e cujos membros da família não têm condições de prestar o atendimento necessário por estudarem ou trabalharem em período integral. O projeto ‘Quero Vida’ terá capacidade para abrigar 50 idosos.
Das 63 obras que estão sendo construídas pela Prefeitura, os parlamentares puderam acompanhar in loco o andamento de 26. “Os investimentos que estão sendo realizados por esta administração vem ao encontro das principais necessidades da nossa população”, declarou o presidente da Câmara, Adriano Corazzari.
Na área de infraestrutura urbana os vereadores puderam conferir as obras emergenciais realizadas no Distrito Industrial com a canalização por gabião do córregos das Indústrias; obra de abertura de rua atrás do Teatro Municipal para desafogar o trânsito na região Central; pavimentação asfáltica na Rua Rosa Zanetti Ferragut; reforma das vielas no Jardim Paineiras; retirada das torres da Avenida Independência; investimentos em tapa-buracos e construção de calçadas; construção de muro de arrumo no Jardim Nova Palmares, construção de muro de pedra no bairro Santa Cândida, reforma de praças, ponte de acesso da Avenida Pinheiros a nova escola Sesi.
“Lutamos muito no passado para a realização das vielas, um problema antigo. O prefeito Milton Serafim está tendo coragem de realizar esta obra, porque não traz visibilidade, é uma obra enterrada, mas extremamente importante para a segurança da população que mora aqui. Estou muito feliz porque muitas pessoas serão beneficiadas. Esta obra é de grande ganho social”, disse o vereador Donizete Lopes, autor de diversas indicações para a construção de vielas na região da Capela.
“É uma grande obra preventiva, com visão de se fazer antes que um problema maior aconteça”, disse Carlinhos Paffaro, sobre a construção de vielas.
“São muitas obras em andamento em toda a cidade. A prefeitura está fazendo um ótimo trabalho”, comentou o vereador Izael Viel.
Entre os investimentos na área da saúde apresentados aos vereadores pelo prefeito Milton Serafim estão o Centro de Atenção à Saúde da Mulher, a reforma na Policlínica da Capela e a construção de nova unidade de saúde no Jardim Von Zuben, região da Capela.
“As obras de ampliação das unidades e oferecimento de novos programas de saúde são primordiais para o oferecimento de um bom serviço. Quem ganha com obras como estas é a própria população”, disse o vereador Rubens Nunes, que é membro da Comissão de Saúde na Câmara.
“Está sendo cada vez maior a necessidade da população em ter as especialidades médicas cada vez mais próximas, principalmente na área da pediatria. É uma obra com preço justo e que irá trazer diversos benefícios à população, principalmente as crianças da Capela”, comentou o vereador Junior Vendemiatti, após visitar o local que irá abrigar a nova unidade de saúde da região da Capela.
Na área de habitação os parlamentares visitaram o local em que estão sendo construídas as 264 moradias populares.
“O prefeito Milton Serafim está olhando com bons olhos a nossa população e investindo em áreas que vem ao encontro das principais necessidades. A construção de moradias populares é uma delas porque o sonho de toda família é ter um local digno para morar”, disse Marcio Melle.
Já na área da educação eles observaram as obras do complexo educacional que está sendo construído na Capela, o maior do município; reforma nas escolas; creche na região Central (ao lado do atual prédio do Sesi) e as novas instalações do novo Sesi.
“A reforma nas escolas está proporcionando um local mais adequado para os alunos permanecerem durante o dia. As crianças são o futuro da nossa cidade e mereciam uma obra como esta”, comentou o vereador Cidinho, sobre os investimentos em reforma e ampliação desenvolvidos pela atual administração.
“O mais importante foi verificar as áreas de creches para finalizar esta demanda de crianças que hoje aguarda na fila de espera para atendimento”, declarou Marta Leão.
Os vereadores também visitaram outras obras como a construção do novo Centro Cultural na Vila João XXIII, reforma do Centro de Convivência, galpão do Espaço Esporte que recebe ampla reforma, entre outras obras.
“Foi um dia muito produtivo. Os 10 vereadores puderam acompanhar e fiscalizar, juntamente com o poder executivo, onde os recursos do município e das esferas estadual e federal estão sendo investidos, e se certificar de que as obras estão acontecendo nas diversas áreas e em todos os bairros de Vinhedo”, finalizou a vereadora Ana Genezini.

Pais e alunos do São Joaquim experimentam trocar de escola por um dia


Com o objetivo de solucionar o impasse da classe multisseriada da escola municipal e centro de educação infantil localizada no bairro São Joaquim, a Comissão de Educação composta pelos integrantes Márcio Melle (PSB) e Cidinho Fróis (PTB) e com a participação dos vereadores Donizete Lopes e Ana Genezini (ambos PTB) acompanharam na quinta-feira, 24, a visita realizada entre professores, pais e alunos às escolas que possivelmente poderão receber os novos estudantes.
Segundo o diretor da Secretaria de Educação, Rogério Levy, a visita foi apenas uma experiência para avaliar se a transferência dos alunos é possível, já que a decisão final será dos pais. “Essa proposta é para vocês conhecerem as escolas e ver como será a dinâmica cotidiana. Se após a visita acharem que não vale à pena, a gente volta a conversar para ver qual a melhor solução”, disse o diretor aos pais.
A visita teve início às 6h30 com a chegada dos alunos a CEI Dona Benta e E.M. Rural Fazenda São Joaquim para pegar o transporte cedido pela prefeitura levando os alunos até as escolas que possivelmente receberão os estudantes, uma vez que, se a mudança ficará acordada essa será a dinâmica dos pais e alunos. Os dois ônibus responsáveis pelo trajeto de ida e volta, contam com monitores para assegurar a segurança de todos.
Para o presidente da comissão de Educação, Márcio Melle, é necessário encontrar uma saída que seja boa para o município e pais, já que a escola está funcionando com muito pouco aluno. “Não podemos deixar uma classe funcionando com 6 alunos. Na semana passada faltaram três. É necessário ter bom-senso”, afirmou o presidente.
Sete pais e quinze alunos do Ensino Fundamental, estudantes da E.M. São Joaquim foram levados a conhecer as estruturas da E.M. Antonia do Canto Cordeiro e Silva – Jardim Brasil, que conta com 280 alunos divididos em dois turnos. No local, foram recepcionados pela diretoria e funcionários que os levaram a fazer um tour pela escola, incluindo o novo parquinho, salas de aula e demais dependências, encerrando as atividades com um lanche matinal.
Dos 12 alunos integrantes da CEI Dona Benta, oito fizeram a visita com o acompanhamento de quatro pais até a CEI Pica-Pau, Jardim Alba. No local foram recepcionados pela diretora Maria Elizabeth Annes Apollaro que conduziu o tour até o final, apresentando os profissionais que atuam na escola, estrutura física e as salas adaptadas para pessoas com deficiência. “Eu gostei do que vi até agora e acho que vai melhorar o aprendizado porque meu filho vai conhecer mais crianças, amplia o horizonte do aluno”, afirmou Silvana Melato, mãe do Luís Ricardo.
A mesma opinião foi partilhada por Patrícia Gonçalves mãe da Nicole que disse ser difícil no começo, pois se trata de mudança, “mas a escola é muito boa e têm mais crianças para brincar. O duro é que eles vão ter que acordar mais cedo acho que esse é o único problema”.
Para os vereadores do PTB, Cidinho, Ana e Donizete, a prefeitura está com boa vontade em resolver o problema e isso é o principal. “Os ajustes virão com o tempo. O primordial é que o aprendizado dos alunos e a rotina dos pais seja alterada da menor forma possível, ao mesmo tempo em que se possibilite a inclusão pedagogia e social dessas crianças que terão a oportunidade de se relacionarem e viverem novas experiências ”, reforçaram.

Entenda o Caso
Com 6 alunos no primeiro ano, 9 no segundo e mais 9 no terceiro, a escola sediada no bairro São Joaquim trabalhava com todos esses alunos na mesma sala, para diluir despesas. Para os vereadores, o grande problema dessa união é o aspecto didático: os conteúdos ministrados para o primeiro ano são primários, diferente do terceiro ano, que já recebe conteúdos mais avançados. A solução que está em discussão neste momento é a possibilidade de remanejar estes alunos para outras unidades da rede municipal com a garantia do transporte pago pela Prefeitura.

Vereadores Ana e Júnior reivindicam novo sistema de armazenamento de lixo para o município


Uma proposta dos vereadores Júnior Vendemiatti (PPS) e Ana Genezini (PTB) pretende modernizar a coleta e o armazenamento de lixo no município, sobretudo, em locais com grande circulação de pessoas, como a região central, praças e bairros populosos. A ideia inicial veio da cidade de Valinhos, onde os cestos foram trocados por contêiners, evitando o acúmulo de lixo nas calçadas, como acontece em Vinhedo.
Em visita ao anel central do município vizinho os vereadores observaram que a cada 100 metros de distância havia um contêiner, cedido e gerenciado pela empresa responsável pela limpeza das vias públicas, tornando as ruas livres de lixo e sem sujeira. “Acreditamos que essa ideia pode ser utilizada pela empresa responsável em Vinhedo e, mais que isso, aprimorada para que haja diferenciação na natureza do lixo coletado”, informaram os vereadores.
Além do benefício do visual de limpeza, esses recipientes possibilitam que toda a coleta seja feita de forma mecânica, ou seja, sem o contato manual dos garis. “Os garis só teriam que prender o contêiner ao caminhão que despejaria seu conteúdo automaticamente, facilitando o trabalho dessas pessoas”, explicam.
Para tanto, os vereadores sugerem que a cada ponto seja colocado dois contêiner com cores distintas, sendo um destinado ao lixo orgânico, cujo conteúdo deverá estar acondicionado em sacos de sanito, e outro somente para receber os materiais recicláveis.
Atualmente não é difícil visualizar materiais recicláveis em esquinas e canteiros centrais da avenida, como entre as ruas: Santos Dumont, Humberto Pescarini, João Corazzari e Avenida Dois de Abril. Já o lixo orgânico é recolhido diariamente por meio de carriolas e despejado atrás do estacionamento do Teatro Municipal, próximo a escada que liga o bairro Jardim Nova Canudos e o Centro de Vinhedo. “A maneira que é feita a coleta em Vinhedo atualmente é inadímissivel para uma cidade como a nossa que preza tanto a limpeza, o visual e o meio ambiente. É necessário que haja uma mudança urgente; e é isso que iremos cobrar da empresa responsável e levar ao conhecimento do secretário responsável e do prefeito”, justificaram Ana Genezini e Júnior Vendemiatti.

“Pacote de benefícios fiscais é conquista dos vereadores da base aliada”, endossa Ana Genezini


Ainda no mês de março deverá chegar à Câmara Municipal de Vinhedo, um conjunto de projetos de lei, de autoria do prefeito Milton Serafim, que versam sobre benefícios fiscais, propondo importantes mudanças no recolhimento de tributos do município, o que na prática, favorecerá grande parcela da população, com descontos e abatimentos.
O primeiro dos seis projetos foi aprovado no último dia 15/02 pela câmara e deverá ser sancionado dentro do prazo de 60 dias, para criação de concurso entre os proprietários de imóveis em Vinhedo que pagarem em dia o IPTU – Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana – concedendo prêmios de até R$ 50 mil ao ano, os quais serão definidos e distribuídos por meio de decreto, com prêmios que deverão incentivar seu investimento na economia local do município. “Pela primeira vez estaremos beneficiando aqueles que pagam em dia o IPTU que sempre foram esquecidos pelo município. É a justiça social sendo aplicada”, explicou Ana Genezini.

Redução de Multa
Outra importante conquista aos municípes e que partiu de uma sugestão do presidente da Câmara, Adriano Corazzari (PSB), é com relação à redução de multa para aquelas pessoas que atrasarem alguns dias o pagamento dos tributos municipais. Atualmente a multa está afixada em 0,33% ao dia, sendo que, após 60 dias, a multa é de 20% sobre o débito atualizado. Com a nova proposta à multa moratória será calculada à razão de 0,16% ao dia, sendo que após 30 dias, a multa será fixa no valor de 4,96% sobre o débito atualizado. “O prefeito está nos atendendo, foi uma solicitação do nosso mandato encaminhada pela primeira vez em 2009 e reiterada em 2010, que irá beneficiar principalmente aquelas pessoas que atrasam por poucos dias o IPTU e que agora contarão com uma multa três vezes menor que a atual”, exemplificou Corazzari.

Aposentados, Pensionistas, Idosos e Pessoas com Deficiência
A política de isenção do IPTU para aposentados e pensionistas da cidade, antiga batalha da vereadora Ana Genezini, também faz parte do pacote, trazendo benefícios inclusive para os contribuintes com mais de 65 anos, que não conseguiram se aposentar. Agora o benefício é válido para os que recebem entre 0 a 5 salários mínimos, e não há mais isenções parciais, conforme regia a lei. Anteriormente podiam solicitar o benefício aposentados com propriedade de até 300 m² de área total sendo até 120 m² de área construída; agora serão permitidos terrenos de até 500 m² e 320m² de construção.
Além desta alteração, passarão a gozar da nova lei, proprietários de imóveis com deficiência ou possuírem familiares com deficiência, benefícios sugeridos em minuta apresentada por Ana Genezini e que teve o apoio de todos os vereadores. “Comecei esse trabalho no ano passado e tive o apoio de todos os pares desta casa que aprovaram minha indicação ao Executivo. Foram várias reuniões com o prefeito e base governista da câmara para que esse pacote se tonasse viável e fosse disponibilizado o mais rápido possível para a população, afinal estamos falando daqueles que mais precisam”, explicou.
A vereadora ainda passou dados enviados pela secretaria de Fazenda que demonstram que a Prefeitura deixará de arrecadar com a nova política para aposentados, cerca de R$ 300 mil ao ano, já que são 1.718 aposentados nestas condições em Vinhedo. “Na verdade o município não está perdendo esse valor, mas investindo nos aposentados e contribuintes maiores de 65 anos. Esse dinheiro voltará para a cidade em forma de renda para o comércio, por exemplo”.
Ela também disse que a burocratização será eliminada, uma vez que os aposentados deixarão de entrar com o pedido anualmente como acontecia. Por meio do cadastro único em elaboração pela prefeitura, o requisitante apenas deverá apresentar o cartão de benefício anualmente, como “prova de vida”.

Liquidição Incentivada de Débitos
O terceiro projeto prevê o desconto de 100% nos juros e multas para o pagamento à vista dos débitos em atraso, como também amplia de 36 para 60 meses o parcelamento, concedendo descontos que variam entre 80% e 25% (80% para 12x; 60% para 24x; 40% para 36x; 30% para 48x e 25% para 60x) - nos juros moratórios e multa, dependendo da forma de parcelamento escolhida.
“Os que optarem em pagar em até 60 vezes ainda assim receberão desconto de 25% nos juros; isso é muito positivo e possibilitará a regularização dos créditos tributários, com estimativa de arrecadação de R$ 6 milhões a mais por ano, diminuindo o estoque de dívida ativa orçado em quase R$ 100 milhões”, citou a vereadora.

Imóveis atingidos por catástrofe
Por fim, a vereadora discursou sobre o quarto projeto que deverá ser apreciado em breve pelos vereadores que concede isenção de IPTU, tarifas de água, esgoto e taxa de coleta de lixo aos imóveis atingidos por catástrofes naturais – enchentes, alagamentos e deslizamento, sugestão essa que também partiu de vereadores desta casa. “Essa é uma ação histórica em Vinhedo que ficará marcada para sempre porque pela primeira vez estamos fazendo justiça fiscal e não apenas concedendo anistias. Tenho certeza que todos os vereadores, independente de situação e oposição serão favoráveis a este pacote”, resumiu Ana Genezini.

Ana Genezini apresenta ofícios ao secretário de Transporte e Segurança para melhorar fluxo de veículos


A vereadora Ana Genezini (PTB) enviou ao secretário de Transporte e Segurança, Toninho Falsarella na última semana três ofícios pedindo medidas para melhor organização e segurança no trânsito da região da Capela, Estrada da Boiada e região dos Sete Bairros.
Para garantir mais segurança aos pedestres que trafegam no cruzamento entre a Rua Alaor Cieni, Av. Nossa Senhora de Lourdes e Juliana Von Zuben Degelo (Praça da Bíblia) a vereadora solicita pintura de faixa de pedestres no referido cruzamento. Ela ainda sugere estudos para a colocação de redutores de velocidade visando à segurança dos pedestres e evitando também, acidentes entre veículos.
O cruzamento das Ruas Juliana Von Zuben Degelo, 19 de abril, Aparecida Ortiz de Camargo Cieni também apresenta problemas devido ao grande fluxo de veículos. Para este trecho Genezini sugeriu ao secretário a instalação de semáforos, já que a municipalidade está em fase licitatória para contratação de empresa para manutenção e colocação de semáforos.
Além destes pontos, o cruzamento entre as Ruas Felisbina Corazzari Matheus, Otávio Tasca, Theodoro Pisoni e Ângelo Pozzuto, também necessita de semáforo, conforme aponta a indicação da vereadora, reiterada no início do mês. A justificativa é que o semáforo ordenaria o acesso de pedestres e veículos, já que este trecho é um elo entre várias regiões do município, como o São Matheus, São Thomé, Vila João XXIII e Jardim Miriam. Conforme ressaltou a vereadora, estes locais apontados - região Capela e Sete Bairros – “devem ser um dos primeiros a receber o equipamento, haja vista, o número de incidentes apresentados.

Estrada da Boiada
O problema do excesso de velocidade também ocorre na Estrada da Boiada na via paralela ao condomínio Marambaia, um dos trechos utilizados como rota de fuga do pedágio da Rodovia Anhanguera. Redutores de velocidade também foram reivindicados por moradores e incluídos num ofício de autoria de Genezini. Segundo relato de comerciantes locais, esta via comporta um grande fluxo de veículos, muitos deles em alta velocidade.
A vereadora cogitou a possibilidade da instalação de lombadas ou radares. “Peço ao secretário que estude essas reivindicações para que seja realizada a melhor alternativa no combate aos acidentes no trânsito”, concluiu.

Ana Genezini e prefeito anunciam asfalto e rede de esgoto para Jd. Florido durante reunião com moradores


Uma antiga reivindicação dos moradores do Jardim Florido será atendida pela Prefeitura. O anúncio foi feito pelo prefeito Milton Serafim, vereadora Ana Genezini (PTB), vice-prefeito Jaime Cruz e superintendente da Sanebavi Odair Fernando Seraphim (Canjica) em reunião na quinta-feira, 10, reunindo mais de 50 moradores.
Tanto a reunião, quanto os esforços para que o pedido pudesse ser atendido, foram intermediados pela vereadora e 1ª secretária Ana Genezini (PTB), que desde janeiro de 2005, ou seja, desde o início do seu primeiro mandato, vem trabalhando para que o asfalto e a rede de esgoto pudessem se tornar uma realidade às famílias residentes nas sete ruas que compõe o bairro - Orquídea, Alecrim, Begônia, Cravo, Ingá, Camélia e Manacá.
Na ocasião, o prefeito disse que estará reunido com a diretoria da AFABESP (Associação dos Funcionários Aposentados do Banco do Estado de São Paulo) para viabilizar uma parceria, uma vez que, o clube de campo já possui sua própria estação de tratamento, o que reduziria consideravelmente os custos da obra. “A ideia é que se leve o esgoto para a estação do clube a fim de evitar a utilização da bomba de recalque, ligando à Estação da Santa Cândida. Facilitaria o trabalho da Sanebavi imensamente porque os terrenos são muito íngrimes”, explicou a vereadora durante a 88ª sessão.
Milton Serafim determinou ainda que o superintendente da Sanebavi elabore em trinta dias um estudo completo da área e um levantamento dos custos, para que em quarenta dias possa ser agendada uma nova reunião entre os moradores. “Espero na próxima reunião já informar quando a obra será licitada e qual a sua estimativa de término, apresentando custos”, afirmou o prefeito.
A vereadora Ana Genezini disse ainda que acompanhará todos os trâmites para execução da obra, complementando que ainda nesta semana a Secretaria de Serviços Municipais irá proceder a limpeza de toda a região, com a roçagem de terrenos, limpeza de entulhos, entre outras tarefas para que o bairro comece a ganhar um novo visual. “Ainda nessa região, precisamente na Rua Ingá, há uma área institucional e de lazer, onde tentaremos viabilizar a construção de um espaço de lazer para o bairro, já iniciamos conversas com o Secretário de Planejamento e Meio Ambiente sobre o projeto”, finalizou a vereadora que agradeceu a união dos moradores e o trabalho e disponibilidade do prefeito Milton Serafim de ir ao encontro da comunidade.

Vereadores realizam visita “surpresa” ao Pronto-Socorro depois da sessão


Logo após o final da sessão de terça-feira, 15, um grupo formado por oito vereadores – Adriano Corazzari, Ana Genezini, Cidinho Fróis, Júnior Vendemiatti, Izael Viel, Márcio Melle e Rubens Nunes – realizou uma visita surpresa ao Pronto-Socorro da Santa Casa de Vinhedo para fiscalizar o atendimento noturno no único hospital da cidade.
Um dos motivos que ensejaram a visita foram reclamações feitas aos vereadores no início da semana sobre a falta de médicos, sobretudo, pediatras para atendimentos de urgência e emergência, como também, longas filas de espera; falta de materiais, dentre outras queixas registradas.
Por volta das 21h50, conforme apurou o grupo, havia quinze pessoas no Pronto-Socorro, sendo o tempo de espera de no máximo 20 minutos, situação considerada “normal e muito satisfatória” pelos vereadores. Os pacientes que chegavam ao PS seguiam o trâmite normal do hospital: cadastro, triagem, medição de pressão e temperatura, e encaminhamento aos médicos de plantão – 2 clínicos gerais e 1 pediatra. “Estamos extremamente satisfeitos com a situação visualizada. Esperamos que ela permaneça assim”, disseram.
Dos pacientes que aguardavam na antesala, apenas um morador queixou-se da espera: cerca de 3 horas para o atendimento de uma criança que apresentava sintomas febrios. A justificativa dada pelas recepcionistas foi de que havia uma emergência sendo atendida no mesmo horário e que por esse motivo a espera foi longa. Todos os demais disseram que não enfrentaram problemas no atendimento. “Minha esposa teve que aguardar 20 minutos no máximo. Ela estava com a pressão alta”, disse o vigilante Aparecido Lucas de Freitas.
Para os vereadores, esta foi apenas uma das muitas visitas "surpresas" que serão realizadas para avaliar o grau de satisfação dos municípes para com o hospital. “Apesar da Santa Casa não ser de responsabilidade da administração, mensalmente a Prefeitura faz o repasse de dinheiro público, como o próprio Legislativo que nos últimos anos repassou toda a sua economia para que benfeitorias fossem realizadas no hospital. Portanto, é mais que nossa obrigação fiscalizar de que forma esse dinheiro está sendo empregado e, se, o vinhedense está sendo bem atendido”, concordou o grupo.

Regulamentação do “Patrulheiro Amigo da Escola” agrada vereadora Ana Genezini

Possibilitar uma travessia segura aos alunos da Rede Municipal de Ensino é o principal objetivo do grupo de ações Patrulheiro Amigo da Escola (PAE) regulamentado via decreto no último 10, pelo prefeito, em atendimento a sugestão da vereadora Ana Genezini (PTB) subscrita pelos vereadores Adriano Corazzari (PSB), Cidinho (PTB), Márcio Melle (PSB) e Donizete Lopes, encaminhada em março de 2009 ao Executivo.
O principal benefício do projeto, segundo os vereadores, é a possibilidade de otimizar equipamentos e pessoal nos serviços rotineiros de segurança pública e ao mesmo tempo apoiar integralmente a comunidade escolar. Conforme ressaltaram na ocasião da justificativa da minuta do projeto, “é fundamental o desenvolvimento de ações que visem à questão da segurança na escola e seu entorno, realizada através de profissional contratado por concurso público com a obrigação funcional de apoiar as ações de monitoramento, treinado e apoiado pela GCM de Vinhedo na comunicação direta por rádio e, nas rotinas de passagens escolares”.
De acordo com o pronunciamento da vereadora Ana na sessão ordinária desta semana, o secretário de transportes e segurança “está agilizando o Concurso Público para implantar esses patrulheiros, que serão guardas municipais, especialmente designados e treinados para exercer a função descrita no decreto”.
Segundo o Decreto nº 10/2011 entre as atribuições de competência do grupo estão: atender à comunidade escolar, contribuir para a integração da escola-comunidade, colaborar com o monitoramento eletrônico das instalações, controlar a movimentação de alunos, servidores e terceiros no interior e entorno dos estabelecimentos da Rede Municipal, efetuar as travessias escolares e manter comunicação por rádio e telefone com a Guarda Municipal de Vinhedo. “É mais um trabalho do nosso grupo de vereadores que apóiam as iniciativas do Executivo, que foi atendido pelo prefeito municipal e que certamente trará benefícios para Vinhedo, segurança para todos que freqüentam a Rede Municipal de Ensino e tranqüilidade para pais e mães de alunos”, agradeceu a vereadora.