30.6.11

Implantação do Centro de Fisioterapia na Capela está em estudo pela Prefeitura, comemora Ana Genezini


A vereadora Ana Genezini (PTB) apresentou Indicação à Prefeitura na primeira sessão de 2010, para a construção de um Centro de Fisioterapia na região da Capela, já que os pacientes da região mais populosa da cidade - responsáveis por 40% do atendimento - tem que se locomover para o Centro Médico São Matheus para utilizar o serviço.
Nesta semana, porém, a vereadora teve a notícia de que a Prefeitura está à procura de um local adequado para construção de um centro específico para esta finalidade no bairro da Capela, medida que trará benefícios aos moradores da região que não precisarão mais se locomover até outro bairro e também para os usuários do Jardim São Matheus, que terão mais agilidade nas consultas.
Para avaliar o atendimento, a vereadora esteve em visita ao Centro Médico do São Matheus na manhã desta quarta-feira, 22, para constatar a demanda das consultas desta especialidade e constatou que pelo menos 50% dos pacientes que estavam no local eram moradores do bairro da Capela, reforçando a importância do serviço a ser disponibilizado também nesta região. “Os moradores ficaram muito contentes em saber que essa possibilidade está em estudo pela Prefeitura”, afirmou Ana Genezini.
Conforme lembrou a vereadora, atualmente a prefeitura disponibiliza transporte ou vale para que os pacientes compareçam às sessões de tratamento. Ainda, muitas vezes ocorre de os pacientes necessitarem se locomover com condução própria, o que dificulta ainda mais o tratamento, pois nem sempre tem algum familiar disponível para garantir esse transporte. “Fico bastante contente que o prefeito tenha atendido meu pedido e juntamente com a secretária de Saúde, Nádia Capovilla estejam reunindo esforços para possibilitar em breve a implantação de mais este espaço no bairro da Capela, o que trará aos pacientes mais comodidade, mais qualidade e maior eficácia no tratamento. Essa demanda existe, comprovando a necessidade de implantação desses serviços no bairro, eu tinha certeza de que a sensibilidade do Prefeito Milton Serafim e da Nádia levariam ao resultado positivo divulgado pela prefeitura na última semana. ”

Ana Genezini apresenta série de medidas para melhorar infraestrutura nos bairros da cidade

Em atendimento a solicitação de moradores, a vereadora e 1ª secretária Ana Genezini (PTB) apresentou na última sessão da Câmara, realizada na terça-feira, 14, um conjunto de indicações ao Poder Executivo para realização de melhorias em vários bairros do município.
Segundo a vereadora, tais solicitações visam melhorar a infraestrutura dos locais apontados - de acordo com a sugestão dos moradores que residem nestas regiões - com medidas simples, mas de grande alcance a população.
Entre os pedidos apresentados pela vereadora está a construção de calçadas na Rua das Palmeiras no Jardim Flora, bem como na Rua João Edueta no Bairro da Capela, no trecho situado entre o conjunto habitacional Sebastião Roque dos Reis até a saída para a Rodovia Miguel Melhado Campos.
Visando a segurança dos freqüentadores da área da Represa, Ana solicitou a realização de ronda na região no período da manhã e da tarde, horários em que a população da cidade se utiliza deste espaço para realizar as suas caminhadas. Ainda para o local, a vereadora solicitou a instalação de iluminação pública.
Também foi objeto de atenção da vereadora os bairros Vida Nova e Altos do Morumbi, onde ela pede a reurbanização da área verde local bem como a implantação de área de lazer composta por parque infantil, iluminação e bancos.
A denominação de ruas do Jardim Nova Palmares está contemplada ainda no pacote de melhorias apresentado pela parlamentar que pede a instalação das placas de sinalização em todas as ruas do bairro, facilitando assim, o recebimento de correspondências em domicílio e a localização de visitantes.
“São pedidos que os moradores já vem fazendo há algum tempo e que são importantes para as regiões citadas. É dever do vereador constatar essas pequenas solicitações e intermediá-las junto ao Executivo para que tomem conhecimento das demandas da comunidade”, explicou Ana Genezini.

Vereadores aprovam convênio do município com estado para promoção da Lei Estadual sobre descriminação


Em sessão rápida, realizada nesta terça-feira, 14, os vereadores aprovaram com unanimidade o Projeto de Lei nº 31/2011 enviado pelo prefeito, autorizando o município a celebrar convênio com a Secretaria da Justiça e da Defesa do Estado para efetivação da Lei Estadual nº 14.187/ 2010 que trata sobre discriminação em razão de cor e raça.
Em vigor desde março do ano passado, a lei estadual preconiza punições a atos discriminatórios por motivo de raça ou cor praticado por qualquer pessoa, jurídica ou física, inclusive a que exerça função pública.
De acordo com o ofício que encaminhou o projeto, a proposta é um compromisso com as gerações futuras, por meio de uma gestão afirmativa, já que “infelizmente, a realidade brasileira ainda está permeada de valores que se remetem ao final do século XIX, onde teorias racistas sobre a superioridade de determinado grupo ético em relação ao físico, a historicidade, cultura e religiosidade do outro tratava hegemonicamente a sociedade”.
No expediente apresentado pelos vereadores entrou em tramitação o Projeto de Lei nº 37/2011 de autoria de Carlinhos Paffaro (PR) para instituir no calendário de eventos municipais o “Dia Mundial da Conscientização sobre a Coleta Regular e Seletiva de Resíduos Sólidos” anualmente em 5 de junho. O objetivo é o de “estimular a mudança prática de atitudes e a formação de novos hábitos com relação à utilização dos recursos naturais e favorecer a reflexão sobre a responsabilidade ética do ser humano com o próprio planeta como um todo, oferecendo um eficiente instrumento para a formação da consciência ambiental”.
Também deu projeto de decreto legislativo, de autoria de Márcio Melle (PSB) para concessão de título de cidadã vinhedense à Segisnei Paulo Roccato pelos relevantes serviços sociais realizados em Vinhedo, sobretudo na entidade Paulo de Tarso.
Ainda na categoria decreto, de autoria da mesa diretiva– Adriano Corazzari, Ana Genezini e Rubens Nunes – foi apresentado o de nº 18/2011 para adesão da Câmara Municipal de Vinhedo ao Protocolo Estatutário do Parlamento da Região Metropolitana de Campinas.
O parlamento é uma associação que reúne os presidentes das câmaras municipais dos 19 municípios que fazem parte da RMC e tem o objetivo de debater questões, propor medidas e soluções conjuntas relativas à região, uma das mais ricas e promissoras do país.
A proposta normatiza a possibilidade de outros vereadores dos municípios que fazem parte das câmaras dos dezenove municípios participarem das reuniões mensais da associação, tendo direito a voto como os presidentes. Para isso, cada câmara municipal deve indicar até um quinto de seus vereadores, para composição do Parlamento Metropolitano.
No caso de Vinhedo, serão três representantes. Segundo o presidente da Câmara, Adriano Corazzari (PSB), a intenção é trazer mais representatividade ao Parlamento ao mesmo tempo em que propicia uma continuidade nas trocas de gestões a cada dois anos.

Moções
Na categoria moções, os vereadores aprovaram 14 proposituras, sendo seis de Aplausos de Júnior Vendemiatti (PPS) aos estabelecimentos: Vinhecor Tintas, Jensen Bar & Restaurante, Levi Neves Jóias, Grupo Gabetta, Premier Veículos e Consórcio Remanza Novaterra por confeccionar e entregar a população gratuitamente o exemplar do Código de Defesa do Consumidor; de Ana Genezini e Donizete Lopes (ambos PTB) à Associação de Moradores do Bairro Altos do Morumbi pela realização da 1ª Caminhada Ecológica; de Izael Viel (PR) à Jayme Rodrigues da Silva, popular “Jaiminho Coroinha”, pelos dez anos de serviços religiosos prestados; de Júnior Vendemiatti ao Conselho de Pastores de Vinhedo (COPAVI) pela “Marcha para Jesus”, de Donizete Lopes (PTB) ao Grupo de Atletismo de Vinhedo pelo 1º Encontro de Corridas de Pista da Cidade; De Rubens Nunes, Cidinho Fróis (PTB) e Adriano Corazzari de Aplausos à Diretoria e Jogadores da Equipe de Futebol Amador do Time Foga; à equipe da Rádio da Capela pela cobertura dos jogos e à diretoria e jogadores da Equipe de Futebol SPVTT. Também de autoria de Ana Genezini (PTB) foi apresentada Moção de Pesar à família de Ivone Grapeia falecida no dia 12 de junho.
Em indicações, 26 novas propostas foram encaminhadas as secretarias municipais para realização de serviços e obras.

16.6.11

Prefeito visita áreas para instalação de um Centro de Fisioterapia na região da Capela


O prefeito Milton Serafim e a secretária da Saúde, Nadia Capovilla, visitaram áreas particulares na tarde desta terça-feira, dia 13, buscando um espaço adequado para a instalação de um Centro de Fisioterapia na região da Capela.

O objetivo da atual administração é ter um local próximo para atender os moradores da Capela. Hoje, todos os serviços de fisioterapia oferecidos gratuitamente pela Prefeitura estão concentrados em um único local, no Centro Médico do Jardim São Matheus.

“Hoje, cerca de 40% dos pacientes que precisam realizar os procedimentos de fisioterapia moram na Capela e precisam se deslocar até o bairro São Matheus. Com a implantação de um Centro de Fisioterapia nesta região estaremos melhorando a qualidade do serviço prestado e proporcionando facilidade de acesso dos usuários a este tipo de serviço”, explicou o prefeito Milton Serafim
(FONTE: Assessoria de Imprensa - Prefeitura Municipal de Vinhedo)

Este pedido, de autoria da vereadora Ana, foi apresentado em fevereiro de 2010, através da indicação nº66/2010. Desde então, a parlamentar tem insistido na necessidade de concretização desta obra. Segundo Ana, a implantação do Centro de Fisioterapia na Capela busca trazer mais comodidade aos pacientes em tratamento de fisioterapia. O Centro de Fisioterapia localizado no São Matheus serve toda população da cidade e a criação de um espaço destinado aos usuários da Capela no próprio bairro, contribuiria ainda para aperfeiçoar o atendimento já prestado no CIS. “Nosso pedido é no sentido de oferecer melhores condições de atendimento aos moradores da Capela e a todos que utilizam o Centro de Fisioterapia no São Matheus”, comentou.

Vereadores doam materiais para oficina de vivência com idosos


Na semana passada a 1ª Secretaria Ana Genezini (PTB) e o Presidente da Câmara Municipal Adriano Corazzari (PSB) visitaram a Sede da Terceira Idade Bem Viver, no Jardim São Matheus para entregar material e participar do último treinamento da Comissão de Cidadania dos idosos antes de realizarem a oficina de vivência com funcionários da empresa concessionária de transporte coletivo urbano no município, a Rápido Luxo.
O objetivo desse trabalho é reproduzir as atividades do cotidiano dos idosos para transmitir às crianças, jovens e adultos o conhecimento sobre as limitações causadas pela velhice, e a partir disso desenvolver relações de cooperação e respeito mútuo entre as diferentes faixas etárias.
Parte dos objetos que são utilizados na oficina foi cedido pelos vereadores Ana Genezini e Adriano Corazzari que consideram o projeto inovador e de grande importância para Vinhedo. “Muito interessante a experiência de sentir na pele as dificuldades que os idosos enfrentam, isso faz com que valorizemos ainda mais as pessoas de idade, que devido suas limitações físicas, precisam de cuidados e respeito”, declararam os vereadores.
No local os vereadores puderam utilizar os diferentes equipamentos que são utilizados na oficina, como óculos de lentes riscadas, pesos para perna, sacolas com peso e outros objetos que visam dificultar a ação e os nossos sentidos como: tato, visão e audição, transmitindo assim um pouco das dificuldades vivenciadas pelos idosos em suas atividades do dia a dia, incluindo a utilização do transporte público.
A ação faz parte do projeto “Sensibilização ao Envelhecimento”, sobre o tema “Vivenciando o cotidiano do idoso”, criado para conscientizar a comunidade, a família e a população a refletir os efeitos do envelhecimento.
O projeto está sendo levado esta semana aos motoristas da Rápido Luxo no intuito de demonstrar à esses profissionais todas as dificuldades que os idosos sofrem com a chegada de suas limitações. Dessa forma, os funcionários irão vivenciar estas situações, buscando tornar mais harmoniosa à realização deste trabalho com o devido respeito aos idosos que dependem deste tipo de transporte diariamente.

Ana Genezini acompanha representantes da Paróquia Nossa Sra. de Lourdes em visitas as obras no município


Coordenadores e tesoureiros das comunidades que fazem parte da Paróquia Nossa Senhora de Lourdes, Capela, visitaram as obras em andamento no município de Vinhedo no sábado, 28 de maio. As visitas foram conduzidas pelo Prefeito Milton Serafim, o vice-prefeito Jaime Cruz, o Secretário de Governo José Luís Bernegossi e tiveram a companhia do Padre Marcos Adriano Paulino, pároco da Paróquia Nossa Senhora de Lourdes.
A vereadora Ana Genezini (PTB), também participou das visitas, a parlamentar é membro ativa da Paróquia Nossa Senhora de Lourdes. “Além de estar exercendo o meu papel de vereadora, também participo dessas visitas como uma pessoa da comunidade, que tem interesse em conhecer os trabalhos que beneficiarão nossa região e também nossa população como um todo”.
A comitiva visitou quase todas as obras públicas em andamento no município, que abrangem a área da saúde, educação, saneamento básico, habitação, segurança e infraestrutura urbana. Entre as construções mais importantes estão a nova UBS e o CASM na região da Capela, a nova escola do SESI, a nova unidade de tratamento de esgoto localizada no Distrito Industrial, o complexo educacional, as creches, entre outras.

Ana Genezini e Jaime Cruz visitam Ensino para Jovens e Adultos na E.M. André Franco Montoro


A convite do secretário de Educação e vice-prefeito Jaime Cruz a vereadora Ana Genezini (PTB) percorreu na noite da última quarta-feira, 1, algumas salas de aula na Escola Municipal André Franco Montoro na Capela para acompanhar o funcionamento da Educação para Jovens e Adultos (EJA). Além do secretário e da vereadora, participaram da visita o diretor da secretaria Rogério Levy, a coordenadora da EJA Glorete Aparecida Soares e a diretora da escola, Elaine Ferraz.
Na visita, a vereadora que desde o início do seu mandato tem se empenhado para ampliar o oferecimento de cursos de supletivo no município, ficou satisfeita em conhecer um projeto pioneiro de psicologia que está sendo desenvolvido na Rede Municipal, contemplando alunos, pais e professores.
O objetivo deste é o de acompanhar o dia-a-dia dos alunos, avaliando comportamentos, desempenho e disciplina para trazer motivação, assegurar a continuidade em aulas e melhorar o índice de aproveitamento em sala. “Estamos plantando boas sementes com este projeto”, sintetizou o vice-prefeito.
Além das novidades pedagógicas que integram a grade, a vereadora Ana Genezini acompanhou o andamento das obras em todo o prédio que vão desde a troca do forro, substituição de portas e janelas, reforma nos banheiros, ampliação de salas, substituição de pisos e azulejos, entre outras melhorias. “Muito boa essa reforma para nós. Vai melhorar consideravelmente nossa infraestrutura e a dos alunos”, opinou a coordenadora.
Por fim, Ana Genezini aproveitou o intervalo para conversar com alunos, professores e funcionários para ouvir sugestões de melhorias e inclusive teve a oportunidade de experimentar a merenda da escola, que recebeu elogios dos alunos. “Fiquei muito feliz em acompanhar as aulas da EJA e tive a oportunidade de relatar minha história de vida aos alunos, já que também fiz o supletivo. O mais importante é que a Secretaria de Educação tem realizado um ótimo trabalho para solucionar a demanda por vagas”, destacou a vereadora.
Para Jaime Cruz é muito salutar a presença de vereadores nas escolas e no acompanhamento das atividades da Secretaria da Educação. “Está de parabéns a vereadora Ana pela presença constante em nossas atividades, a vereadora tem dado uma atenção especial a

2.6.11

Ana Genezini visita Secretaria da Educação para debater funcionamento da EJA


A vereadora Ana Genezini (PTB) se reuniu nessa sexta-feira, 20, com o vice-prefeito e Secretário de Educação Jaime Cruz e com a coordenadora pedagógica da EJA Aparecida Gloreti Soares Pedro, para acompanhar o funcionamento da Educação de Jovens e Adultos que passará a contemplar ainda mais cidadãos vinhedenses, já que a Secretaria de Educação abriu novas inscrições para candidatos que estão fora da escola e desejam retomar os estudos.
O período para se inscrever vai do dia 23 de maio até 10 de junho. De acordo com a resolução SE – 16, de 21 de Março 2011, a idade mínima para a inscrição ao ensino fundamental é de 15 anos completos, enquanto que para o ensino médio, em atendimento a Deliberação CEE Nº 82/2009, a idade mínima para inscrição é de 18 anos completos.
A abertura de novas turmas da EJA é um pedido antigo da vereadora, atualmente o projeto atende 722 alunos em suas duas unidades de aula, a E.M Franco Montoro, que conta com 11 salas, e a escola Integração, que disponibiliza 14 salas para a Educação de Jovens e Adultos. Como explicou Gloreti, a abertura de novas turmas seguirá um cronograma, em um primeiro momento serão feitas as inscrições de novos candidatos, depois a rematrícula dos alunos antigos e, por fim, a matrícula oficial dos novos alunos, onde então conheceremos a demanda para a abertura de novas salas de aula.
Gloreti ressaltou que a divulgação dos prazos da inscrição será feita por meio de informativos nas contas de água dos contribuintes, para garantir mais visibilidade aos interessados sobre o período de inscrição. “A EJA é uma grande oportunidade de progressão aos vinhedenses que não tiveram chance de estudar. O município dispõe de uma ótima estrutura para atender esse segmento e tem procurado dar aos estudantes uma atenção toda especial, principalmente no momento da formatura, fazendo com que seja para eles uma data histórica e feliz pela conquista de seu diploma”, opinou Ana Genezini que no mês de março reivindicou a ampliação das turmas nas escolas municipais Integração (região central) e André Franco Montoro (região Capela).
O secretário Jaime Cruz enfatizou que algumas salas destinadas a EJA havendo necessidade serão ampliadas para que atenda a nova demanda com maior conforto. “É muito importante fazer esse acompanhamento que a vereadora Ana Genezini tem feito, atitudes como essa nos ajudam a aprimorar nosso trabalho e buscar novos meios de atender toda população vinhedense no que diz respeito à educação”, complementou o vice-prefeito e secretário da Educação.

Educação de Jovens e Adultos no CAPS
A EJA também promove aulas diárias no CAPS – Centro de Atenção Psico-Social – para 14 alunos, sendo 11 alunos pacientes do CAPS e 03 alunos membros da comunidade. Ana Genezini, Jaime Cruz e Aparecida Gloreti visitaram o local para acompanhar uma aula. A ideia é que futuramente as aulas no CAPS sejam ampliadas, para promover a integração social.
Os alunos do CAPS passam o dia todo no local. Os estudantes também realizam atividades extraclasses como o cultivo de horta com verduras e legumes diversos, que são consumidas no próprio local e também vendidas a visitantes que se interessam em colaborar com o trabalho realizado.

Adriano Corazzari e Ana Genezini pedem melhoria para o Bairro Cachoeira


Ana Genezini (PTB) e Adriano Corazzari (PSB), respectivamente 1ª Secretária e Presidente da Câmara, apresentaram na última Sessão Ordinária, terça-feira (17), uma indicação que solicita ao executivo a construção de calçadas em toda a Rua Frank Swalles, no bairro Cachoeira.
Conforme destacaram os vereadores, a rua tem intenso tráfego e os moradores se queixam de uma falta de travessia segura, sobretudo, estudantes da localidade.
“A construção do passeio na referida é uma necessidade iminente, uma vez que os pedestres são obrigados a trafegarem pelo leito carroçável da avenida, expondo-se a perigos”, declararam os parlamentares.

Representantes de loteamentos fechados recebem informações sobre processo de regularização


O prefeito de Vinhedo, Milton Serafim e o presidente da Câmara Adriano Corazzari (PSB) reuniuram-se nesta segunda-feira (16), com aproximadamente 30 representantes dos loteamentos fechados do município para explicarem os procedimentos relacionados à solicitação de concessão de direito real de uso de áreas públicas, para futura regularização dos loteamentos fechados e das áreas públicas junto à Prefeitura. A reunião foi promovida em decorrência do Projeto de Lei Complementar nº 6, de 9 de maio de 2011, criado pela Prefeitura e aprovado pela Câmara Municipal de Vinhedo, que dispõe sobre a regularização dos loteamentos fechados na cidade - resultando na Lei Complementar nº 098 de 2011, que alterou o Plano Diretor do Município.
Durante o encontro os participantes souberam mais informações sobre o projeto e conheceram a relação dos documentos necessários para solicitar a regularização, que inclui a ata da assembleia de autorização dos proprietários dos imóveis relacionados. “Antes de protocolar o pedido de regularização, os representantes dos loteamentos fechados deverão realizar uma assembleia, para apreciação de todos os proprietários envolvidos, e apresentar a proposta de pedido de concessão de direito real de uso à Prefeitura. Somente com a aprovação em assembleia será possível dar entrada no pedido de regularização”, explicou o prefeito Milton Serafim.
Poderão requerer a regularização os loteamentos fechados que tiveram suas aprovações até a data de publicação do Plano Diretor Participativo de Vinhedo. A Lei Complementar nº 098/2011 define que, após protocolar o pedido e atestadas a viabilidade e a legalidade dos documentos apresentados, os loteamentos aprovados deverão obedecer aos Termos de Concessão de Direito Real de Uso, que prevê a manutenção das áreas verdes contidas em seus limites, de acordo com legislação ambiental e urbanística vigente; e das áreas institucionais, cabendo aos beneficiados mantê-las conforme sua finalidade comunitária, em favor dos moradores do loteamento. “Cabe agora aos loteamentos optarem se desejam ou não aderir à lei. Os que quiserem, deverão se atentar as regras expostas”, lembrou Adriano Corazzari.
Após obter a concessão da Prefeitura, os loteamentos fechados deverão solicitar, via processo, a regularização das portarias existentes, que devem estar em acordo com a legislação vigente. A concessão de direito real de uso será onerosa e por tempo determinado, obedecendo obrigatoriamente ao Plano Diretor Municipal, ao Código de Obras e ao Código de Posturas. De acordo com as alterações do Plano Diretor, a Prefeitura continuará a ser responsável pela coleta seletiva e domiciliar e pela rede de água e esgoto dos loteamentos fechados. “É importante ressaltar que com a iniciativa conseguiremos economizar com a manutenção das áreas dos loteamentos fechados, transformando estes recursos em mais investimentos para toda cidade, principalmente nas áreas mais necessitadas”, destacou o prefeito Milton Serafim.
Assim que registrados, os pedidos serão enviados à apreciação do Conselho Municipal de Política Urbana (CMPU) e serão analisados caso a caso. “Fiscalizaremos o fiel cumprimento dos deveres impostos ao representante legal e previstos no termo de concessão de direito real de uso”, salientou o prefeito durante a reunião.
Ainda nesta oportunidade, os representantes dos loteamentos fechados puderam tirar suas dúvidas em relação ao projeto de lei complementar. Também estiveram no encontro o Secretário de Negócios Jurídicos, Dr. Elvis Tomé, o Secretário de Planejamento e Meio Ambiente, Cássio Capovilla, o Secretário de Governo, José Luis Bernegossi, e os vereadores Ana Genezini (PTB), Carlinhos Paffaro (PR), Donizete Lopes (PTB), Izael Viel (PR), Junior Vendemiatti (PPS), Márcio Melle (PSB) e Rubens Nunes (PR).