28.3.13

Ana Genezini se reúne com secretário de Obras para pedir asfalto, construção de calçadas e obras em córrego das Av. Brasil e Palmeiras



Para proporcionar segurança aos pedestres e permitir acessibilidade em diversos trechos de Vinhedo, a vereadora Ana Genezini reuniu-se na manhã desta segunda-feira, dia 25, com o secretário de Obras da Prefeitura, Augusto Braccialli, solicitando prioridade e agilidade na construção de calçadas, através das indicações já apresentadas pela parlamentar. Entre os trechos solicitados estão a execução de calçadas na esquina da Rua Goiás com a Rua Paraíba, na Vila Junqueira; no principal acesso ao Residencial Colinas San Diego, em toda extensão da Rua Lúcia Cosmo Vargas; na Rua Frank Swalles, no trecho entre a entrada da Fazenda Cachoeira até a Represa II. A vereadora também pede que seja refeita calçada em trechos danificados da Avenida Independência, além da construção nos trechos que ainda não existem passeios públicos. Os trechos apresentados por Ana Genezini foram início do portão de acesso à quadra de esportes do Jardim São Matheus pela Avenida Independência até encontrar a calçada existente a partir do campo de futebol; trecho que inicia na mesma avenida, esquina com a Rua Joana Fabri Thomé até a divisa com a concessionária Honda e o trecho que inicia a partir do nº 7.545 no sentido bairro-centro da Avenida Independência até o Posto de Combustível; a construção de passeio público na extensão da Rua João Von Zuben, na Capela e também na Rua João Edueta, na Capela, a construção de passeio público é sugerida no trecho entre os apartamentos da CDHU – Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano até a Choperia Germânia. Além de calçadas, a vereadora solicita a criação de uma ciclovia na extensão da rua, além de pavimentação asfáltica.O secretário de Obras disse que irá analisar todas as propostas apresentadas pela vereadora.


Área Verde


Duas áreas verdes municipais também estão sendo contempladas pelas indicações da vereadora para melhorar a travessia de pedestres pelos locais. Ana Genezini solicita calçada entre a Rua Zumbi dos Palmares e a Rua Anísio Pereira, no Jardim Nova Palmares; bem a área verde existente na divisa dos bairros Altos do Morumbi e Vida Nova, próximo a escola municipal CIC Eduardo Von Zuben que necessita de calçamento no trecho que serve de acesso aos pedestres. “Muitos moradores dos referidos bairros utilizam estes trechos para circular de um bairro a outro. No espaço entre os bairros Altos do Morumbi e Vida Nova além de calçada estou pedindo a Prefeitura um projeto urbanístico, com instalação de iluminação pública para proporcionar mais segurança aos pedestres que utilizam este trecho no período noturno, além da instalação de bancos e playground para serem utilizados pelos moradores”, explicou Ana Genezini.


Córregos Municipais


A vereadora Ana Genezini também requer a construção de calçadas em toda extensão do Córrego Pinheirinho, na lateral da Avenida Otávio Tasca e Avenida dos Pinheiros, incluindo trecho recentemente canalizado pela Prefeitura. Na nova via que está sendo aberta pela Prefeitura, na lateral do Córrego Primavera, no Jardim Itália, que permitirá a ampliação da Rua Rosa Zanetti Ferragut, a parlamentar também solicita a construção de calçadas neste trecho novo. A vereadora aproveitou o encontro com o secretário de Obras para solicitar obras para melhorar a captação e vazão de água do Córrego Barra Funda para permitir melhorias no escoamento de água até o Córrego Pinheirinho e evitar problemas de inundações futuras ás residências da Avenida Brasil que fazem divisa. De acordo com a vereadora, a obra deverá ser feita na captação da Rua Santa Cruz, ponto onde o córrego desemboca com muita força e quantidade de água sem que haja a vazão suficiente para seu escoamento. A colocação de aduelas no córrego Pinheirinho, no Jardim Primavera, altura da Avenida das Palmeiras, também foi indicada para melhorar o escoamento de água. Esta obra segundo o secretário de Obras deverá iniciar em aproximadamente 2 meses. Depois da conclusão da obra, a parlamentar pede para ser feita calçada em toda extensão da via.

26.3.13

Ana Genezini e presidente da Fenacelbra debatem implantação de programa ao celíaco junto à Secretaria de Saúde



Secretária municipal Nádia Capovilla agendou reunião com corpo de funcionários para apresentação do tema


A vereadora Ana Genezini (PTB) se reuniu com a diretoria da secretaria de Saúde para definir o início dos trabalhos para a futura implantação da política municipal de atendimento e apoio ao portador de doença celíaca. Para tanto, esteve presente no encontro a presidente da Federação Nacional das Associações de Celíacos do Brasil (Fenacelbra), Lucélia da Silva Costa, que traçou as diretrizes fundamentais para que a municipalidade se prepare para o atendimento ao celíaco. O portador dessa disfunção tem intolerância natural ao glútem, e seu único tratamento é a manutenção de uma alimentação especial, livre dessa proteína, geralmente de alto custo.

Ana Genezini e Lucélia Costa foram recebidas pela secretária municipal de saúde, Nádia Capovilla, pela diretora da pasta Regina Ligo, e pela diretora de assistência e atendimento Érica Pin Pereira. Após Ana Genezini ter proposto no plenário da Câmara a criação de um programa ao celíaco em Vinhedo, essa foi a primeira vez em que o tema foi debatido diretamente com uma das secretarias competentes para a execução do projeto. A ideia é que Vinhedo não só ofereça o serviço, mas que também se torne o município modelo de atendimento ao celíaco no país.

Em nível nacional alguns passos já foram dados para o desenvolvimento de uma política própria ao tratamento do celíaco. Em 2009, através de um esforço da Fenacelbra e das associações que a compõe, foi aprovado o protocolo clínico de atendimento ao celíaco no SUS, porém, tal conquista nunca foi aplicada, pois falta a aprovação do organograma de acompanhamento. Por fazer parte do Conselho Nacional de Saúde, a Fenacelbra conseguiu intermediar a aprovação de um comitê interministerial que permitiu o início de trabalhos voltados à assistência ao celíaco em âmbito federal. A Fenacelbra conta com 12 pesquisadores, entre brasileiros e estrangeiros, e é filiada ao movimento internacional de apoio ao celíaco.

Para dar segmento a esses avanços, Lucélia Costa crê ser fundamental que algum município desenvolva, de forma pioneira, um programa exclusivo de assistência total ao celíaco. Tal iniciativa promoveria a ação de outros entes federados, servindo como norte às demais administrações públicas.

Embora não sejam tão frequentes, em Vinhedo já foram diagnosticados alguns portadores de doença celíaca e, devido à falta de um protocolo de atendimento na rede municipal, os munícipes não recebem nenhum tipo de assistência preventiva, que seria a manutenção da alimentação sem glútem. A dificuldade do diagnóstico – o celíaco demora de 8 a 10 anos para ter um diagnóstico definitivo – e a complexidade do tratamento se não houver a prevenção básica, fazem com que a implantação de um programa municipal se torne urgente.

“O tratamento à doença é trabalhoso e com forte impacto financeiro, porém, se a alimentação não for a adequada, sem glútem, o celíaco pode desenvolver uma série de patologias de média à alta complexidade, como a hepatite autoimune”, explicou Lucélia Costa.


O programa vinhedense


Na reunião foram levantados alguns trabalhos que deve ser promovidos pela futura política municipal, em especial a parceria entre as secretarias de Saúde, Assistência Social e Educação, de modo que o munícipe seja assistido em diferentes áreas. Como exemplos, foram citadas a eventual disponibilização de monitores especiais nas escolas da rede municipal, com o intuito de impedir que a criança celíaca coma alimentos com glútem em algum momento de descuido; e a disponibilização de cestas alimentícias especiais, por parte da Secretaria de Assistência Social, aos diagnosticados com a doença.

Para dar início aos estudos, Nádia Capovilla pré-agendou uma reunião para o dia 8 de junho, na qual seria ministrado um seminário e realizaria um workshop ao corpo clínico da rede municipal de saúde (em especial médicos e nutricionistas) como forma de alertar esses profissionais sobre a doença, possibilitando o mapeamento de celíacos em Vinhedo. O seminário e o workshop seriam realizados por especialistas filiados às Acelbras (Associação de Celíacos do Brasil); no caso de São Paulo a Acelbra é ligada á Unifesp – Universidade Federal de São Paulo.

Nádia Capovilla se comprometeu a divulgar o encontro de junho aos municípios de Valinhos e Louveira, incorporando-os aos trabalhos, ampliando a área de diagnóstico dos celíacos. “O mapeamento é fundamental para que a municipalidade possa ter uma noção em relação ao número de casos existentes no município e com isso moldar sua política de assistência, inclusive subsidiando alimentação adequada aos celíacos”, afirmou a secretária.

Ana Genezini ainda espera que em um segundo momento seja realizado um trabalho que convoque as pessoas portadoras da doença celíaca a procurar a municipalidade para facilitar o registro e o mapeamento dos casos existentes na cidade. Para tanto, a parlamentar se dispôs a receber em seu gabinete os acometidos pela disfunção para que sejam encaminhados à rede municipal de saúde.

Para a vereadora esse é apenas “o primeiro passo de um grande trabalho que Vinhedo fará para o desenvolvimento da saúde na região e em todo o país, um exemplo de respeito à população”.

Bancada do PTB solicita melhorias para vielas do Jardim Von Zuben e Palmares



Ana Genezini, Nil Ramos e Val Rodashow estiveram reunidos com o Chefe do Executivo para intermediar melhorias



Integrantes da bancada do PTB na Câmara – Ana Genezini, Nil Ramos e Val Rodashow - estiveram no gabinete do prefeito Milton Serafim, na última semana, apresentando algumas necessidades dos moradores residentes entre o Jardim Von Zuben e o Palmares, região da Capela.

Os pedidos são para as Ruas 21 de Abril e Rua Sebastião Matheus na viela existente entre os dois bairros. Apesar de a Prefeitura ter realizado grandes melhorias no local, como a pavimentação do trecho, os moradores pedem que seja feito o plantio de grama na encosta da viela, assim como foi feito no Distrito Industrial. “Esse pedido é para segurança e acessibilidade dos que transitam no local com frequência e ainda há a necessidade de evitar constante mato alto e incidência de fogo após seu corte”, justificaram no ofício.

Além deste pedido os vereadores voltaram a solicitar a construção de uma escada no local, facilitando o tráfego seguro dos pedestres que fazem uso do trecho para encurtar distâncias. Inclusive, para esta solicitação, moradores fizeram um abaixo-assinado contendo mais de 400 assinaturas. “Desde o ano de 2010 tenho solicitado essa benfeitoria. Sabemos dos inúmeros pedidos que chegam até o Chefe do Executivo diariamente, mas creio que nesse caso, esta solicitação não onerará os cofres públicos e terá um alcance social de grande relevância”, explicou Ana Genezini.

Para Nil Ramos e Val Rodashow, o bairro carece dessa melhoria. “Uma escada viria facilitar muito o acesso de moradores dos dois barros. Temos certeza que os estudos que serão feitos no local, comprovarão tal necessidade”, destacaram.

O prefeito, por sua vez, disse que viabilizará um estudo para a área junto às secretarias competentes.

18.3.13

Vereadora Ana Genezini busca mais melhorias para Jd. das Nogueiras e Nova Palmares



Jardim Nova Palmares e Jardim das Nogueiras receberam a visita da parlamentar que apresentou várias indicações sobre o tema


Em suas constantes visitas a cidade, a vereadora de terceiro mandato Ana Genezini (PTB) apresentou nesta semana uma série de benfeitorias para dois bairros da região da Capela, após solicitação de moradores da localidade.

Por meio da indicação nº 525, Ana Genezini pede ao prefeito que realize a construção de calçadas na área verde da municipalidade localizada entre a Rua Zumbi dos Palmares e Rua Anísio Pereira, Jardim Nova Palmares. Segundo a vereadora, a construção de passeios no local é uma urgente necessidade, já que os pedestres “são obrigados a trafegarem pelo leito carroçável das ruas, expondo-se a perigos eminentes”, justificou.

Ainda para este local, a vereadora solicita o fechamento com alambrado em todo o entorno da área verde, para evitar a vinda de animais peçonhentos e ampliar a segurança dos moradores vizinhos. Não é a primeira vez que a vereadora Ana solicita essa melhoria; desde 2011 o pedido é repetido pela parlamentar. “Esperamos que o prefeito realize esse ano a benfeitoria para os moradores. Sabemos que muitas obras foram feitas na Capela recentemente, mas mesmo assim, essa é imprescindível para a população local”, reforçou.


Jardim Nogueiras

A Praça do bairro Jardim Nogueiras, entre a Rua dos Aerossóis e Rua das Tampinhas também foi lembrada pela parlamentar que solicitou a revitalização completa do local com substituição e implantação de novo playground nos moldes dos já instalados no município e implantação de academia ao ar livre. “O referido espaço já é uma área de lazer, porém encontra-se em uma situação ruim, o parquinho que é feito de madeira está quebrado, colocando em risco a segurança das pessoas. Já a academia viria a acrescentar ao lazer dos moradores que frequentam o local”, destacou.

Reajuste da Tabela SUS é pedido de Ana Genezini à Presidente da República

Câmara de Vinhedo aprovou com unanimidade Moção de Apelo da vereadora sobre o tema. Objetivo é repasse de verba maior as Santas Casas do país

Na última terça-feira, 12, a Câmara de Vinhedo aprovou com unanimidade, moção de Apelo de autoria da vereadora e 1ª secretária Ana Genezini (PTB), encaminhada à presidente Dilma Roussef, com cópia para Câmara dos Deputados e Senado, solicitando o reajuste dos valores dos procedimentos ambulatoriais e hospitalares do Sistema Único de Saúde (SUS).

O objetivo principal da propositura é ampliar os repasses de verba realizados pelo Governo Federal em auxílio às santas casas do país, uma vez que, segundo a vereadora, a defasagem da tabela compromete diagnósticos e afeta a qualidade do tratamento médico de milhares de pacientes. “Muitos hospitais conveniados apenas desistem de oferecer à população os procedimentos cujos preços, na tabela do SUS, estejam mais defasados. Esse tipo de medida pode aliviar as contas de um hospital, mas sobrecarrega as de outro, porque o paciente terá de ser atendido em algum ponto da rede de saúde. O paciente acaba sendo encaminhado para serviços de referência que atendem os casos de maior complexidade, mas que não são filantrópicos”, detalhou Ana Genezini na justificativa da moção.

No documento, a vereadora ainda cita como exemplo, várias santas casas do país que enfrentam problemas por causa dos baixos valores repassados, como é o caso dos estados de São Paulo, Fortaleza, Mato Grosso do Sul, entre outras que já anunciaram o fechamento das suas portas.

“Essa não é a primeira vez que apresento esta Moção de Apelo na Câmara. Precisamos de um apoio maior do governo federal porque os municípios não aguentam mais pagar a conta sozinhos. A saúde é um dever do país e um direito do cidadão”, enfatizou Ana Genezini.


Outras solicitações


Também nesta semana a vereadora Ana Genezini encaminhou à prefeitura duas indicações solicitando melhorias na infraestrutura de bairros da cidade, como a Capela e Jardim Miriam. O primeiro pedido é sobre a ampliação da coleta de lixo nesses dois locais, para que passem a ser feitas todos os dias, ao invés de três vezes na semana.

Ainda para Capela, Ana Genezini solicita estudos para abertura de novas ruas, com revisão de fluxo existente, bem como, ampliação do número de veículos de transporte coletivo. Neste sentido, a parlamentar pede que as linhas sejam integradas por micro-ônibus em percurso interno no bairro com destino a Rodoviária Verônica Briscky Von Zuben e de lá partindo para outros destinos. “Tanto o transporte público quanto a coleta de lixo no município estão acarretando problemas aos moradores. Precisamos cobrar das empresas concessionárias um atendimento digno e compatível com as necessidades de Vinhedo, até porque as empresas estão sendo muito bem remuneradas por isso”, cobrou Ana Genezini.

12.3.13

Ana Genezini participa de reunião do Conselho de Desenvolvimento da RMC

Foto: Erick Leite

Reunião entre os prefeitos da região discutiu expansão empresarial da região, reativação da malha ferroviária, entre outros assuntos de interesse intermunicipal



No último dia 4, o presidente da Câmara, vereador Rubens Nunes (PR), participou da primeira reunião do Conselho de Desenvolvimento da RMC (Região Metropolitana de Campinas) sob a presidência do prefeito de Vinhedo, Milton Serafim. As reuniões acontecem uma vez ao mês e visam estabelecer soluções em conjunto a todas as 19 cidades da RMC.

Além do presidente da Câmara, em representatividade ao Legislativo vinhedense, participaram da reunião a vereadora Ana Genezini (PTB) e os vereadores Márcio Melle (PSB), Nil Ramos (PTB), Paulinho Palmeira (PSB), Dario Pacheco (PSDB), Alexandre Viola (PSB), Val “Rodashow”, Aparecido Dias “Bacural”, bem como secretários municipais e representantes do Governo do Estado que compõe o Conselho de Desenvolvimento da RMC.

Entre os assuntos mais importantes discutidos na reunião, ressalta-se a preocupação de Serafim com a expansão industrial e comercial da região, por meio do fortalecimento de parcerias que facilitem condições de investimento. Uma reunião será marcada com representantes da Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade – Investe São Paulo – para tratar sobre.

Outro tema abordado no encontro foi a necessidade de reativação da malha ferroviária entre as cidades, de forma a desafogar o transporte regional.

Por fim, os prefeitos discutiram a municipalização da energia elétrica e um encontro entre representantes da Aneel – Agência Nacional de Energia Elétrica – será marcado para que os municípios possam analisar a proposta.

Vereadores Rubens Nunes e Ana Genezini fiscalizam merenda na E.M Dom Mathias



Essa já é a segunda escola que os parlamentares visitam nessa volta às aulas



O presidente da Câmara, vereador Rubens Nunes (PR), e a vereadora e 1ª secretária Ana Genezini (PTB) visitaram a E.M. Dom Mathias durante a semana para conhecer o serviço de merenda oferecido na rede pública municipal de ensino. Na semana passada os vereadores visitaram a E.M. Jair Mendes de Barros, no Jd. Três Irmãos, para acompanhar o reinício do ano letivo e atender às solicitações da diretoria e professores.

A E.M. Dom Mathias, situada no Jd. Bela Vista em frente à Policlínica, oferece ensino fundamental e conta com mais de 700 alunos do 1º ao 5º ano. Os vereadores foram recebidos pela diretora da unidade e foram convidados a comer junto às crianças a refeição do dia: arroz, feijão, carne assada, mandioca e vinagrete.

Conforme informou a diretora, no período matutino assim que os alunos chegam à escola é oferecido o desjejum, com alimentos como leite, achocolatados, pão com frios, bolachas e frutas; entre as 9h30 e 10h30, separado por ano letivo, os alunos recebem uma alimentação mais reforçada, que podem ser lanches, como cachorro quente, ou mesmo refeições completas com arroz, feijão, leguminosas, massas, carnes ou peixes, além das frutas disponibilizadas na cozinha durante todo horário de aula. Os alunos tem direito a alimentação à vontade, por isso em média, 1000 refeições são fornecidas só pela manhã.

O cardápio, tanto das Escolas Municipais quanto dos Centros de Educação Infantil (CEI), as populares creches, é montado por nutricionistas da Prefeitura que já fazem um planejamento da alimentação diária que será oferecida nas próximas semanas. Os cardápios são montados baseados na idade dos alunos de cada rede de ensino.

“É muito interessante o serviço de merenda oferecido na rede municipal de ensino, os alunos tem a liberdade de se alimentar de acordo com o que acharem necessário, obviamente com controle para não haver excessos, e com isso podem realizar o aprendizado de forma tranquila, as escolas não só contribuem para a formação intelectual dos alunos mas também para o desenvolvimento físico saudável”, afirmaram os vereadores.

Vereadora Ana Genezini visita bairros e apresenta melhorias para Jd. Três Irmãos e Capela



Ambas as medidas abordam melhorias no trânsito


Em suas constantes visitas semanais aos bairros e regiões da cidade, a vereadora e 1ª secretária da Câmara, Ana Genezini (PTB), apresentou na última semana, duas indicações que visam melhorar o trânsito do Jardim Três Irmãos e do Jardim Von Zuben, na Capela.

A primeira indicação da vereadora, já vem da outra Legislatura e agora recebe o apoio do vereador Nil Ramos (PTB), pretende implantar estacionamento 45 graus na Avenida 1º de Maio, a partir da implantação de mão única de tráfego. Segundo explicou Ana Genezini, o pedido é oriundo de um abaixo-assinado feito pelos moradores da localidade, que clamam por uma travessia de pedestres mais segura e a possibilidade criação de vagas de estacionamento na referida rua.

O Jardim Três Irmãos também mereceu uma atenção de destaque nesta semana pela vereadora Ana Genezini (PTB), que retomou indicação para construção de uma ponte sobre o Córrego Sterzeck, fazendo a ligação com a Rua Maria Marcelina de Jesus. A propositura também é subscrita pelo presidente da Câmara, Rubens Nunes (PR).

Tal melhoria irá favorecer, principalmente, aqueles motoristas que necessitam fazer um retorno entre as vias da Avelino Capellato, de modo a otimizar o trânsito local, principalmente possibilitar melhor fluxo de locomoção de veículos grandes como por exemplo – os onibus. “Esta também é uma reivindicação dos próprios moradores que tem propriedade para propor melhorias para seu bairro. Esse é um dos trabalhos mais importantes da vereança, intermediar pleitos junto ao prefeito para viabilizar, desta forma, as demandas da população”, salientou Ana Genezini.

8.3.13

Ana Genezini requer vinda de superintendente da Sanebavi para esclarecimentos sobre aumento da conta de água e redução do limite mínimo de consumo




Vereadora disse que investimentos são necessários, mas que aumento deve ser revisto

Na última sessão ordinária da Câmara, realizada na terça-feira, 5, a vereadora e 1ª secretária Ana Genezini (PTB) afirmou em seu discurso, na fase da explicação pessoal, que apresentará requerimento na próxima semana solicitando a vinda do superintendente da Sanebavi para prestar esclarecimentos sobre o aumento das tarifas de água. Em vigor desde fevereiro, o aumento médio foi de 7,5%.

Mesmo aprovando requerimento de pedido de informações ao Superintendente, a vereadora entende que a presença do Superintendente a pedido dos 15 vereadores para explicar todos os procedimentos, estudos e ações que culminaram com as medidas aplicadas nas faturas deste mês de março, é imprescindível.

 Ana Genezini disse entender que a questão da água no município é problemática e que muitos investimentos foram feitos na gestão passada e, novos projetos de investimentos devem estar programados para execução nesta nova gestão, mas que o aumento aplicado está prejudicando o bolso do trabalhador vinhedense e é importante debater essa medida com o Superintendente da SANEBAVI.

“Acredito que não seja só eu que esteja sendo questionada pelos cidadãos a respeito do aumento da tarifa e preços públicos relacionados à água e esgoto. Precisamos que o superintendente venha até a Câmara esclarecer aos vereadores os motivos que fizeram com que o valor da tarifa aumentasse tanto e a consequente redução do consumo mínimo, até para que possamos esclarecer a população”, relatou.

Outras solicitações

A vereadora Ana Genezini também apresentou no expediente as indicações de sua autoria que seguem ao Executivo, por meio das secretarias competes. Na parte de melhorias urbanas, a parlamentar pede implantação de lombada na Rua Zumbi dos Palmares a pedido da contribuinte Márcia Pereira; obra de readequação do sistema de drenagem em reconstrução do pavimento na Rua José Domingos Soriano, Bairro da Capela; troca de tubulação da travessia na Rua Nicolau Von Zuben; construção de calçada na Rua João Dêgelo esquina com a Rua José Von Zuben; construção de sarjetão de concreto no cruzamento da Rua João Degelo com a Rua José Nicolau Von Zuben; construção de estacionamento 45º na Avenida 1º de Maio, com implantação de mão única de tráfego; otimização do espaço da Praça José Flávio Von Zuben para construção de espaço coberto com área livre para realização de festas e substituição de iluminação nas praças: Centro de Lazer Aurora Sudário, Praça José Flávio Von Zuben e na Praça do Jardim das Paineiras.

4.3.13

Política municipal de atenção à doença celíaca é proposta por Ana Genezini



Vereadora discursou sobre o tema no plenário da Câmara e espera uma ação integrada entre diferentes órgãos para implantação do programa

Durante o discurso livre da 4ª Sessão Ordinária, realizada na noite dessa terça-feira 26, a vereadora Ana Genezini (PTB) propôs a implantação de uma política municipal de atenção à doença celíaca, a fim de oferecer assistência aos portadores da doença e facilitar o tratamento. A proposta ainda será apresentada de forma oficial e é uma iniciativa da vereadora em conjunto com a presidente da Federação Nacional das Associações de Celíacos do Brasil (Fenacelbra), Lucélia da Silva Costa.

A doença celíaca atinge cerca de 1% da população mundial e caracteriza-se pela intolerância permanente ao glúten, complexo de proteínas encontrado em cereais como trigo, centeio, cevada, aveia e em subprodutos desses grãos. A disfunção ataca o intestino delgado de pessoas geneticamente predispostas à doença, dificultando a absorção dos nutrientes dos alimentos e causando inúmeros problemas. O único tratamento à doença celíaca é a alimentação isenta de glúten.

Para instalar no município um programa eficiente para o controle da doença, Ana Genezini sugere a realização de uma ação intersetorial, de modo que as secretarias de Saúde, Educação e de Assistência Social realizem atividades independente dentro do programa municipal.

De acordo com a vereadora, a secretaria de Assistência Social e a secretaria de Saúde se responsabilizariam pelo fornecimento de alimentação sem glúten aos celíacos, através dos programas “Armazém da Saúde”, distribuidor de alimentos sem glúten; “Cozinha Comunitária Especial de Receitas Fáceis”, que ensinaria meios de baratear a produção caseira de alimentos sem glúten; e a “Cesta Básica Especial de Produtos Sem Glúten”, distribuição emergencial de cestas básicas adaptadas aos celíacos. Enquanto a secretaria de Educação estabeleceria o programa “Alimentação Escolar Inclusiva”, com a distribuição de merenda escolar própria ao celíaco, e criaria um protocolo na rede municipal de ensino para atendimento e assistência aos alunos portadores da doença.

Para facilitar o desenvolvimento da ação, a parlamentar já começou a estudar parcerias com o comércio local, em especial com a “Casa e Sabor”, loja especializada na venda de produtos naturais. A pretensão é que tais estabelecimentos forneçam alimentos para a composição das cestas básicas e outros programas da política municipal de atenção à doença celíaca.

“A doença celíaca é uma doença pouco comentada, mas atinge grande parte da população; o município pode ser o pioneiro na implantação de uma política voltada à doença, e seria subsidiado por recursos federais, ou seja, tem tudo para acatar essa iniciativa”, afirmou Ana Genezini.


Conheça a doença

A Doença Celíaca é autoimune, causada pela intolerância permanente ao glúten e que se expressa por enteropatia mediada por Linfócitos T, em indivíduos geneticamente predispostos, podendo surgir em qualquer idade. O único tratamento existente é uma rigorosa dieta sem glúten por toda a vida, que caso não seguida pode desenvolver inúmeros problemas de saúde ao celíaco como: osteoporose, diabetes, epilepsia, infertilidade, câncer, dentre outros.

Os celíacos apresentam inúmeros sintomas que caracterizam a disfunção, como diarreia, prisão de ventre, perda de peso e fadiga, dores e distensão abdominal, enjoo, atraso de crescimento em crianças, anemia por carência de ferro, osteoporose, carência de vitaminas e minerais, amenorreia (ausência da menstruação), problemas de tireoide, doença imunológicas como diabetes tipo 1 entre outros.

Para diagnosticar a doença vários exames podem ser realizados pelo SUS, como testes sorológicos para dosar os anticorpos antigliadina, antiendomísio e antitransglutaminase e a endoscopia digestiva com biópsia do intestino delgado (duodeno) para confirmação do diagnóstico.