30.10.13

Atendendo ao pedido de Ana Genezini, Prefeitura inicia asfaltamento na rua São Bento

A Rua São Bento no Bairro Bosque das Araras, finalmente será asfaltada, graças ao compromisso assumido pelo prefeito Milton Serafim (PTB) com a vereadora Ana Genezini (PTB).

A parlamentar relatou ao Prefeito as dificuldades enfrentadas pelos moradores daquela rua. O pedido também foi feito oficialmente por meio da Indicação de nº 744/2013, na qual Ana Genezini justifica; “Além de inúmeras solicitações de moradores do local, esta rua serve de passagem para esses moradores e, nos dias de chuva a lama atrapalha o acesso às residências, além do processo de erosão, enquanto que o pó causa outros tipos de transtornos. A pavimentação resolveria definitivamente estes problemas”.

Após o pedido da vereadora, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Obras, iniciou os trabalhos de infraestrutura na referida rua.  Ana Genezini disse estar satisfeita com o andamento do trabalho. “Por diversos anos e por muitos vereadores de outras legislaturas, este pedido esteve sempre em pauta e, ver sua realização nos dá muita alegria”, disse.

A parlamentar conta que na Rua São Bento, já foram colocadas as guias na rua para posterior asfaltamento. A obra será finalizada com a sinalização viária. A vereadora Ana também apresentou ao secretário de Obras Augusto Braccialli pedido de construção de calçadas na referida rua complementando assim toda a melhoria para o local.


“Defendo os interesses dos  moradores do Bosque das Araras, assim como da Capela e de todos os bairros em que esta vereadora é solicitada. O atendimento da Prefeitura ao meu pedido, comprova a importância de cada vereador conhecer a necessidade da comunidade”, disse Ana Genezini.

24.10.13

Ana Genezini participa de lançamento do livro Inviolabilidade do Direito a Vida


Na quinta-feira passada, dia 17, a vereadora e 1ª secretária da Câmara, Ana Genezini (PTB), prestigiou o lançamento do livro “Inviolabilidade do Direito a Vida”, obra coordenada por Ives Granda da Silva Martins e Paulo de Barros Carvalho, em uma parceria da União dos Juristas Católicos de São Paulo (UJUCASP) e da editora NOESES. O evento foi realizado na cidade de São Paulo.

A parlamentar foi convidada pelos organizadores da cerimônia, e esteve no local  acompanhada de Geraldo Alves Cangassú Junior, membro da comissão bioética da Arquidiocese de Campinas, e do assessor jurídico da Câmara Municipal, Rafael Carvalho.

O livro, fazendo uso de uma linguagem mais simples que o corriqueiro em obras técnico-jurídicas, se dedica à defesa da vida humana desde a concepção a morte natural, apresentando reflexões sobre o tema. A obra destaca a chamada “cultura da morte”, vigente em nossa sociedade, na qual se tornou hábito interpretar a vida como algo em segundo plano, havendo certa relativização do direito à vida.

Os autores abordam as questões éticas, morais e religiosas sobre o tema, sempre enfatizando a posição jurídico-constitucional a fim de que a Carta Magna do ordenamento jurídico brasileiro seja cumprida em todo seu teor, garantindo a inviolabilidade da vida, em qualquer de seus estágios.

“O respeito à vida tem sido um tema cada vez mais corriqueiro, já que grande parte da sociedade teme a gradual desvalorização da vida como um direto essencial a todos; a obra é um excelente material que destaca a proteção da vida por parte do nosso ordenamento jurídico”, afirmou Ana Genezini.

Moção Pró-Vida

Na 33ª sessão ordinária, realizada no dia 14, Ana Genezini já havia apresentado moção de congratulações à Arquidiocese de Campinas e à Comissão de Bioética da Arquidiocese de Campinas pela organização do Ato Pró-Vida (contra o aborto), e uma moção de apelo. De nº 301/2013, encaminhada à Câmara dos Deputados para apreciação do Projeto de Lei 478/2007 , que institui o Estatuto do Nascituro.

O Estatuto em defesa do Nascituro, faria frente a Lei Federal n.º 12.845, promulgada em 1.º de agosto de 2013, que dispõe sobre o Atendimento obrigatório e integral de pessoas em situação de violência sexual,  ignorando a relação de causa e efeito entre a ilegalidade do aborto, os altos índices de abortos inseguros, e as altas taxas de morbidade e mortalidade materna no Brasil, pondo em risco a saúde física e mental e até mesmo a vida das mulheres.


Durante o encaminhamento das proposituras, a vereadora deu ênfase ao Dia do Nascituro, comemorado no dia 08 desse mês, e se posicionou contra a descriminalização do aborto.

15.10.13

Ana Genezini reforça postura contra aborto e faz Moção a Arquidiocese de Campinas


A Câmara Municipal de Vinhedo votou em sua última sessão legislativa, duas Moções de autoria da vereadora Ana Genezini (PTB). A primeira, de nº 300/2013, foi a Moção de Congratulações à Arquidiocese de Campinas, na pessoa do Arcebispo Dom Airton José dos Santos e à Comissão de Bioética da Arquidiocese de Campinas na pessoa do Prof. João Vicente, extensivo a todos os seus membros, pela organização do Ato Pró-Vida (Contra o aborto).

A vereadora deu ênfase ao Dia do Nascituro, comemorado no último dia 08 e se posicionou contra a descriminalização do aborto. “O objetivo da Arquidiocese de Campinas através da realização do Ato Pró-Vida (Contra o aborto) tem o objetivo de reforçar a Defesa da Vida desde a concepção até a morte natural. Esta Casa Legislativa não poderia se omitir diante dessa ação”.

Através da Moção de Apelo nº 301/2013, Ana Genezini  pede à Câmara dos Deputados a apreciação do Projeto de Lei 478/2007 – Estatuto do Nascituro. De acordo com informações, o referido Estatuto ignora a relação de causa e efeito entre a ilegalidade do aborto, os altos índices de abortos inseguros, e as altas taxas de morbidade e mortalidade materna no Brasil, e põe em risco a saúde física e mental e até mesmo a vida das mulheres.

Em sua justificativa, Ana Genezini  explica que a defesa do direito de nascer não é uma causa somente religiosa, mas também uma causa humanitária. “O dia 08 de outubro é consagrado à defesa da vida, à defesa do nascituro, aquela criança que está no útero e vai nascer. O primeiro e principal bem que possuímos é o dom da vida, o direito de nascer. Se não for defendido primeiro o direito de nascer, não adianta reclamar por segurança, por saúde, por educação de uma pessoa que não existe, que não teve o direito de nascer”.


Ambas as proposituras foram aprovadas por 12 votos favoráveis, 1 contrário [Valdir Barreto] e 1 abstenção [Rodrigo Paixão].  Segundo Ana Genezini, apesar da relevância das Moções, dois vereadores da oposição se colocaram contra o tema. “É primordial que valorizemos a vida e a família”, disse Ana Genezini.

14.10.13

Prefeitura atende pedidos de Ana Genezini e inicia coleta diária de lixo na região da Capela


A vereadora Ana Genezini (PTB) teve seus pedidos para ampliação dos dias da coleta de lixo no bairro da Capela, atendidos pela Prefeitura. A vereadora é autora de diversas Indicações sobre o assunto, como a de nº 361/2005 e 910/2013.

Da Tribuna, a vereadora abordou o assunto. “A minha primeira Indicação de nº 361/2005 é datada de 22 de fevereiro de 2005, quando eu assumi a minha primeira legislatura, eu fiz uma solicitação para que o município pudesse estudar a possibilidade de fazer a coleta de lixo todos os dias no bairro da Capela e não apenas três vezes por semana. Assim, como também fizemos solicitação para que lá no Jardim Mirian também fosse assim, por conta de solicitações de moradores. Posteriormente, em março de 2013, reiterei o pedido para ampliação de coleta de lixo no bairro. Então, fico feliz porque à partir do dia 14 deste mês, nós teremos alteração em quatro bairros da região da Capela, que irão receber a coleta no período noturno e outras localidades todos os dias da semana”.

Ana Genezini também lembra que a Prefeitura adota novos dias de coleta do lixo orgânico e reciclável em outros pontos da cidade. Para facilitar a coleta, a Prefeitura recomenda que a população coloque o lixo na rua a partir das 7h00, nos locais onde a coleta é de manhã e à noite, a partir das 19h00.

  
 Itinerários
  

Lixo orgânico – diurno – segundas, quartas e sextas-feiras

Res. Terras de Vinhedo, Cond. São Joaquim, Jd. Palmeiras, Cond. Reserva da Mata, Chácaras do Trevo, Cond. Jardim América, Cond. Sol Vinhedo Village, Cond. Estância Marambaia, Res. Joana, Res. São Miguel, Vila Renascer, Bairro Santa Claudina, Cond. Vista Alegre (Café), Portal, Cond. Vista Alegre (Clube), Cond. Hípica I e II, Cond. Jardim II Paradiso, Chácaras São Bento, Cond. Recanto Florido, Bairro Moinho, Res. Bosque das Araras, Recanto Campestre, Jd. Vista Alegre, Jd. Florido, Jd. Vila Fontaine, Distrito Industrial, Res. Vila Di Treviso, Jd. Santo Antônio, Pq. Santa Rosa (Capela), Res. Arco-Íris, Res. Vida Nova II, Bairro Três Irmãos e Bairro Santa Cândida.


Lixo orgânico – diurno -  terças, quintas-feiras e sábados

Res. Vale da Santa Fé, Cond. Grape Village, Chácaras do Lago, Village De Piccolo, Bairro Pinheirinho, Lot. Estância das Flores, Cond. Recanto dos Canjaranas, Cond. Vila D’oro, Cond. Jardim Paulista II, Chácaras Mirante das Estrelas, Cond. Jardim Europa, Cond. Villagio Di Verona, Cond. Morada do Sol, Represas I e II, Residencial Morada da Lua, Bairro Caixa D’Água, Cond. Bosque de Grevilea, Jardim Miriam, Bairro do Observatório, Vila Florência, Cond. Recanto dos Paturis, Jd. Melle, Cond. Ipê Velho, Cond. Jardim Paulista, Jardim Bela Vista II, Bairro Buracão, Pq. das Paineiras, Res. Terras de São Francisco I e II, Res. Vida Nova III, Res. Nova Aliança, Res. Colinas de San Diego e Cond. Alpes de Vinhedo.

  
Lixo orgânico – segunda-feira à sábado – noturno

Centro, Vila Gallo, Chácaras Cascais, Jd. Emília, Barra Funda, Vila Planalto, Jd. Santa Rosa,Res. Flora, Casa Verde, Jd. Brasil, Jd. Dos Pássaros, Res. Aquário, Jd. Primavera, Jd. Pinhata, Jd. Junco, Nova Vinhedo, Cond. Vinhas de Vinhedo e Jardim São Matheus.

  
Lixo orgânico – terças, quintas-feiras e sábados – noturno

Estrada da Capela, Res. Vida Nova I, Vila Savian, Altos do Morumbi e Jd. Eldorado.

  
Lixo orgânico – segunda à sábado – diurno

Centro (containers), Jd. São Thomé, Jd. Nova Canudos, Vila Lorenzon, Jd. Nova Palmares, Vila Junqueira-CDHU, Jd. Von Zuben, Jd. Panorama I e II, Jd. Bela Vista I , II e CDHU, Jd. Das Nogueiras, Pq. Iolanda, Vila Pompéia, Vila Garcez, Vila João XXIII e Pq. Monte Verde.

  
Veja os dias da coleta seletiva:

  
Coleta seletiva – segunda-feira – diurno

Vila Gallo, Vila Lorenzon, Bairro Três Irmãos, Chácaras Cascais, Nova Vinhedo, Jd. Vista Alegre, Vila Planalto, Jd. São Matheus, Res. Arco-Íris, Res. Flora, Bairro Santa Claudina, Cond. Recanto dos Paturis, Barra Funda, Jd. Vila Fontaine, Cond. Reserva da Mata, Jd. Nova Canudos e Res. Vila Di Treviso.


Coleta seletiva – terça-feira – diurno

Jd. Emilia, Cond. Vinhas de Vinhedo, Casa Verde, Jd. Brasil, Res. Aquário, Cond. Res. São Miguel, Jd. dos Pássaros, Res. Joana, Cond. Jd. II Paradiso, Jd. Junco, Jd. Santa Rosa, Cond. Vista Alegre (Café), Jd. Primavera, Cond. Jd. América, Cond. Vista Alegre (Clube) e Jd. Itália. 
  

Coleta seletiva – quarta-feira – diurno

Jd. Von Zuben, Res. Morada da Lua, Altos do Morumbi, Vila Garcez, Cond. Recanto das Canjaranas, Res. Bosque das Araraas, Jd. das Nogueiras, Chácaras Mirante das Estrelas, Cond. Jardim Paulista, Jardim Santo Antônio, Cond. Villagio Di Verona, Chácaras São Bento, Jd. Nova Palmares, Bairro Caixa D’Água, Bairro Moinho, Jd. Florido, Pq. Das Peineiras, Recanto Campestre, Pq. Monte Verde, Res. Vida Nova I, II e III, Pq. Santa Rosa (Capela), Res. Vale da Santa Fé, Jd. Bela Vista I, II e CDHU, bairro Santa Cândida, Res. Chácaras do Lago, Cond. Recanto Florido, Cond. Ipê Velho, Cond. Morada do Sol, Cond. Vila Hípica I e II, Cond. Vila D’Oro, Bairro do Observatório, Vila Savian, Cond. Jardim Paulista II, Cond. Jd. Europa e Jd. Eldorado.

  
Coleta seletiva – quinta-feira – diurno

Bairro Pinheirinho, Res. Colinas de San Diego, Village de Piccolo, Res. Terras de S. Francisco I e II, Portal, Bairro Buracão, Res. Nova Aliança, Chácaras do Trevo, Vila renascer, Cond. Alpes de Vinhedo, Cond. Sol Vinhedo Village, Lot. Estância das Flores, Cond. Grappe Village e Cond. Estância Marambaia.

  
Coleta seletiva – sexta-feira – diurno

Vila Junqueira-CDHU, Res. Terras de Vinhedo, Jd. Panorama I e II, Vila João XXIII, Dd. São Thomér, Res. Jardim das Palmeiras, Cond. Bosque de Grevilea, Pq. Iolanda, Vila Florência, Distrito Industrial, Vila Pompéia, Jd. Miriam, Jd. Melle e Cond. São Joaquim.

  
Coleta seletiva – segunda-feira à sábado – diurno


Centro

Ana Genezini e Paulinho Palmeira entregam DVDs para alunos da Escola Municipal Antônia do Canto



Crianças se apresentaram no dia 25 de setembro na Câmara Municipal

A diretora da Escola Municipal Antônia do Canto, Maria Elizabeth Brisque, e a coordenadora pedagógica, Cláudia Carpanzano, receberam na tarde de terça-feira, dia 08, os vereadores Ana Genezini (PTB) e Paulinho Palmeira (PSB). No encontro, os parlamentares entregaram fotos e  DVDs da apresentação realizada pelos alunos do 1º ano C,  em setembro, na Câmara Municipal.

Para celebrar a Primavera, os alunos  com idade de 6 a 7 anos, preparam atividades especiais para apresentar aos vereadores e colaboradores do Legislativo. Cerca de 24 alunos estiveram na Câmara, onde declamaram o poema de Vinícius de Moraes, “As Borboletas”.

Bem descontraídos, os vereadores conversaram com as crianças e passaram uma tarde agradável na escola. “Foi ótimo estar na companhia de crianças tão alegres. Temos orgulho do trabalho desenvolvido pelos nossos educadores, pois mostra como as nossas crianças são valorizadas. Elas são o nosso futuro e essa educação com toda certeza, se refletirá, fazendo com que o mundo seja um lugar melhor”, disse Ana Genezini.


“Fomos recebidos com muito carinho. Esperamos através de nossos mandatos trabalharmos em prol destas crianças, desenvolvendo uma sociedade mais justa e cooperativa”, disse Paulinho Palmeira.

11.10.13

Ana Genezini, Paulinho Palmeira e Nil Ramos conversam sobre transporte escolar com Toninho Falsarella



Os vereadores Ana Genezini (PTB), Paulinho Palmeira (PSB) e Nil Ramos (PTB), cobraram ontem, (dia 08), do Secretário de Transportes e Defesa Social, Toninho Falsarella, a atualização da Lei Municipal 2.382, de 28 de dezembro de 1998 que regula os serviços de transporte escolar no município.  Eles apresentaram ao Secretário, a demanda da Cooperativa União, que pede mais rigor na fiscalização do transporte escolar, principalmente no que se refere ao controle na expedição de alvarás,  fiscalização de veículos irregulares e as vagas  de estacionamento reservadas aos veículos escolar em frente as escolas.

Na presença do Diretor de Trânsito, Altair Ifanger e do Coordenador de Transportes, Douglas Genezini, os parlamentares apresentaram a minuta de Projeto de Lei,  constando alterações no texto atual que busca contemplar as necessidades elencadas e atualizar a legislação que vigora desde 1998. “Além de abranger os pedidos da Cooperativa, a minuta de Lei apresentada pretende tornar mais rígida a fiscalização dos veículos que circulam em nosso território, visando garantir a segurança dos alunos transportados”, explicou Ana Genezini.

Quanto a fiscalização do uso irregular das vagas de estacionamento reservadas em escolas, Toninho Falsarella informou que a Secretaria intensificou a fiscalização e vem aplicando multa aos infratores.   “Os demais temas, de fato deverão ser abordados em legislação específica, com a entrega desse anteprojeto, daremos início a estudos para atualizar e complementar a Lei naquilo que for necessário”, esclareceu o secretário da pasta.

“É imprescindível que os motoristas mantenham os veículos escolares de acordo com as normas de segurança e de trânsito vigentes e que os pais saibam observar e escolher o transporte mais adequado para seus filhos”, avaliou Nil Ramos.

“Essa reunião foi extremamente válida, para sabermos se os veículos que transportam nossas crianças estão em constante fiscalização”, destacou Paulinho Palmeira.

Durante a reunião, outros temas foram debatidos, como segurança, andamento das instalações de novas câmeras de monitoramento, transporte coletivo e ainda sobre as alterações que estão sendo realizadas no setor de trânsito da cidade.

9.10.13

Ana Genezini pede novos veículos para transporte de pacientes a São Paulo

 Sugestão é oferecer transporte de pacientes em dois horários, manhã e tarde

A 1ª secretária da Câmara, vereadora Ana Genezini (PTB), falou durante a 32ª sessão ordinária sobre a indicação nº 1743/2013, que pede à municipalidade a implantação de dois ônibus para o transporte de usuários da rede municipal de saúde à cidade de São Paulo, para a realização de tratamentos e exames. A proposta é para que um veículo vá pela manhã e retorne ao meio dia enquanto outro partia desse horário e retorne ao final da tarde.

Ao abordar o tema, a parlamentar citou o transporte oferecido pela Prefeitura à cidade de Campinas, o qual é realizado em diferentes horários, manhã e tarde, fazendo com que os pacientes não percam o dia todo no outro município esperando o tratamento da última pessoa do outro período.


Diferente do serviço prestado aos pacientes de Campinas, para São Paulo é disponibilizado um único ônibus que sai de Vinhedo pela manhã e só retorna ao município no final da tarde, após o atendimento do último paciente. Sendo assim, Ana Genezini propõe na indicação a disponibilização de ao menos um ônibus por turno, manhã e tarde, para o transporte à cidade de São Paulo. “No meu entendimento, a obrigação da espera de dia inteiro é um desgaste muito grande aos usuários da saúde, ainda mais se levarmos em consideração que a maioria são idosos ou mães com crianças pequenas que muitas vezes não tem recursos financeiros nem para fazer uma refeição no local, portanto, peço à Secretaria de Saúde mais essa melhoria”, explicou Ana Genezini.


Calçada, Implantação de rede de esgoto e coleta de lixo também foram temas em pauta

A parlamentar aproveitou o momento para tratar de outras melhorias, como seu pedido para reconstrução das calçadas no entorno da Escola Estadual Patriarca da Independência.


A reiteração da indicação nº 742/2013 também foi abordada por Ana Genezini, que solicita à Sanebavi a implantação de rede de esgoto em trecho faltante na Rua do Café, na Nova Palmares, assim como citou a alteração dos horários da coleta de lixo e a implantação de coleta diária em vários bairros da região da Capela, que atende a diferentes pedidos da vereadora. A primeira indicação solicitando a coleta diária de lixo na Capela data de 22 de fevereiro de 2005, solicitação também já feita para o Jardim Miriam.

4.10.13

Ana Genezini aborda temas em pauta na Câmara dos Deputados


Vereadora destacou trabalhos do legislativo federal que poderiam ser levantados em Vinhedo

Na 31ª sessão ordinária, realizada nessa segunda-feira, 30, a vereadora Ana Genezini (PTB) apresentou dois vídeos sobre temas em discussão na Câmara dos Deputados, que poderiam também receber a atenção do legislativo vinhedense.

No primeiro vídeo, o deputado federal Ricardo Izar (PSD) em entrevista à TV Câmara, do legislativo federal, falou sobre o seu pedido de urgência para instauração de CPI sobre os maus tratos aos animais, a fim de atentar à população e Poder Público sobre o tema, desenvolver políticas públicas para defesa dos bichos e controle de zoonoses e tipificar penas mais severas aos que violentam animais. “Esse é um assunto que devemos acompanhar de perto, trazer à tona para desenvolvimento de políticas de proteção em Vinhedo”, explicou Ana Genezini.

No segundo vídeo, uma reportagem cita a aprovação, pela Câmara dos Deputados, da Medida Provisória nº 619, que entre outras coisas, prevê a moratória das dividas tributárias acumuladas pelas Santas Casas e demais entidades filantrópicas, que terão as dívidas sanadas em 15 anos, caso as entidades mantenham em dia o pagamento dos impostos correntes. A propositura agora passará para deliberação no Senado.

A vereadora enfatizou que apesar da moratória, a situação atual da Santa Casa vinhedense não permite que a entidade se beneficie da propositura.

Câncer de Mama

Ainda na sessão, Ana Genezini apresentou uma reportagem de uma TV de Salvador sobre o tratamento do câncer de mama, no qual a palestrante e incentivadora do programa “Outubro Rosa”, Elizabete Argozino Duarte, é a entrevistada.

Na matéria, a entrevistada relembra sua luta contra a doença, cita experiências vividas durante o tratamento e dá dicas às mulheres que enfrentam o câncer de mama. Atualmente, Bete Duarte viaja pelo Brasil levando informação sobre a doença e mensagens positivas às pacientes.


“Todos conhecem essa luta que você abraçou em favor da vida, parabéns Bete Duarte por esse exemplo que passa a todos nós”, enfatizou Ana Genezini.

1.10.13

Ana Genezini debate em reunião do Parlamento questão de iluminação pública

Preocupada com a nova regra imposta pela Resolução 414/10 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a vereadora Ana Genezini (PTB), debateu sobre o tema durante a reunião mensal do Parlamento Metropolitano, que aconteceu na Câmara de Itatiba, na última sexta-feira, dia 27.

O encontro teve como tema principal, as novas regras de iluminação pública municipal, que à partir de 1º de fevereiro de 2014, caberá às prefeituras, a tarefa de elaborar projetos, implantar, expandir, operar e manter as instalações de iluminação pública, tarefas hoje desempenhadas pela Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL), concessionária de energia.

Conforme explicou a vereadora, o tema se tornou uma preocupação para os gestores municipais, especialmente em relação às condições financeiras do município, que passa a arcar com o serviço.

Ana Genezini teve a atenção do Gerente de Negócios da CPFL, José Nannini Neto e sua equipe, que participou da reunião. Segundo os representantes da CPFL, uma das alternativas a ser estudada é a forma como será feita a cobrança da taxa de iluminação, caso as prefeituras prefiram, a cobrança continuará a ser feita pela concessionária de energia, que ficará responsável pela transferência de arrecadação aos cofres municipais.

A vereadora disse ainda, que os municípios precisarão preparar estrutura para assumir os serviços. “Sabemos que a CPFL está trabalhando de forma a atenuar ao máximo as dificuldades desta transferência para os municípios. Agradecemos aos seus representantes que se colocaram à nossa disposição”,  elogiou Ana Genezini.


O que nos preocupa é que a transferência da obrigação de manutenção da rede, inclusos lâmpadas, braços e reatores, vai custar mais caro para a Prefeitura. Nós precisamos discutir mais a política de iluminação pública e buscar alternativas para que o Executivo possa minimizar o efeito desta obrigação imposta pela Aneel,  principalmente, para que os vinhedenses não sofram as consequências e sejam prejudicados, seja no valor pago pelo serviço ou na qualidade do serviço prestado”, disse.