15.3.17

Ana Genezini volta a pedir monitoramento por câmeras em prédios públicos

Parlamentar citou novos casos de vandalismo na cidade
A vereadora Ana Genezini (PMDB) é autora de projeto de Lei, em tramitação na Câmara, que dispõe sobre a obrigatoriedade de instalação de sistema de monitoramento por câmeras nos prédios públicos do município. Durante pronunciamento na 6ª Sessão Ordinária, realizado nessa segunda-feira, 13, a parlamentar voltou a citar a importância da medida ao comentar sobre novos casos de vandalismo, depredação e furtos às escolas de Vinhedo.
“Na noite de hoje já nos informaram que a Escola Municipal Integração também sofreu com ação de furto nessa semana. Enquanto também já é sabido que o CEI Tia Anastácia foi invadido três vezes em apenas uma semana. Já basta, é mais do que urgente a instalação de sistema de monitoramento por vídeo no nosso patrimônio público. Digo nosso, pois o patrimônio não é da administração municipal, mas sim do povo de Vinhedo”, enfatizou.
O projeto, de nº 07/2017, havia sido contestado por teoricamente sua iniciativa caber ao Executivo, porém, já conta com parecer favorável da assessoria jurídica da Câmara, e atualmente está em análise pela Comissão de Justiça. Redação, Ética e Cidadania do Legislativo vinhedense, para, em breve, ser posto em votação.

“O projeto dispõe sobre o uso obrigatório do sistema de segurança por vídeo em todos os prédios públicos municipais. Em breve iremos votar esse projeto, que já está tramitando nas comissões dessa Casa de Leis, e conta com parecer favorável da assessoria jurídica da Câmara acerca da constitucionalidade da proposta, até porque há jurisprudência favorável no Supremo Tribunal Federal quanto à legalidade da iniciativa do Legislativo”, concluiu.

9.3.17

Vereadores apresentam moções ao governo estadual propondo melhorias em rodovias

Moções foram assinadas por Ana Genezini (PMDB), Nil Ramos (PSDB) e Paulinho Palmeira (PV)
Duas Moções de Apelo de autoria dos vereadores Paulinho Palmeira (PV), Ana Genezini (PMDB) e do presidente da Câmara, Nil Ramos (PSDB), foram aprovadas na 5ª Sessão Ordinária da 17ª Legislatura, realizada nessa segunda-feira, 06, ambas solicitando melhorias no trânsito em rodovias estaduais que cortam Vinhedo.
A Moção de Apelo nº 50/2017, encaminhada ao governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, ao secretário estadual de Logística e Transportes, Alberto José Macedo Filho, e ao superintendente do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Armando Costa Ferreira, pede a construção de um anel viário na Rodovia Miguel Melhado Campos (SP-324), a popular Vinhedo-Viracopos, na altura do km 77, a fim de garantir acesso seguro dos veículos à Rua João Edueta, uma das principais rotas de acesso à região da Capela.
“A situação do acesso à Rua João Edueta pela Miguel Melhado Campos é crítica, muitos acidentes já foram registrados no local, boa parte com vítimas fatais. O intuito da moção é dar ciência ao Estado da urgente necessidade de melhoria no acesso”, enfatizou Nil Ramos.
Já a segunda moção, de nº 51/2017, também encaminhada às mesmas autoridades estaduais, propõe a construção de uma rotatória ou instalação de semáforo na confluência da Rodovia Visconde de Porto Seguro (SP-332), continuação da Estrada da Boiada sentido Valinhos, com a Rua Afonso Garbuio, no bairro Vista Alegre.
“Esses dois trechos de confluência de rodovias estaduais com ruas de grande movimento em nossa cidade são ponto reconhecidos em nossa cidade pela frequência de acidentes e pela dificuldade de tráfego como um todo. Essas melhorias se fazem urgentes, e já são cobradas por nossa população há muitos anos”, explicou Ana Genezini.

Paulinho Palmeira ressaltou que esta Moção de Apelo já foi encaminhada em outra oportunidade e cobra do governo do Estado a execução dessas melhorias que são de extrema necessidade. “Sabemos que o Estado tem uma série de serviços de urgência, mas estamos há tempos solicitando e nada foi feito. Tais melhorias são urgentes e visam a segurança das pessoas”.

3.3.17

Por meio de Moção Ana Genezini pede urgência na tramitação de projeto voltado aos idosos na Câmara dos Deputados

Projeto trata da regulamentação da profissão de Gerontólogo
A Câmara de Vinhedo aprovou por unanimidade na 4ª Sessão Ordinária, realizada nessa quarta-feira, 01, a Moção de Apelo nº 39/2017, de autoria da vereadora Ana Genezini (PMDB) e encaminhada ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM).
A Moção solicita ao deputado federal a colocação em tramitação de urgência do projeto de Lei nº 6.764/2016, que dispõe sobre a regulamentação da profissão de Gerentólogo, profissional responsável por serviços de atenção ao idoso, como a elaboração de planos de atenção integral à pessoa idosa; planejar, organizar, coordenar, executar e avaliar programas, serviços, políticas e modalidades assistenciais ao idoso, entre outras competências.
O projeto em tramitação na Câmara dos Deputados também regula o tecnólogo em gerontologia, cuja atribuição consiste em desenvolver pesquisas na área de envelhecimento humano; participar como técnico de nível superior em grupos de saúde, sanitarismo, nutrição e fisioterapia; integrar equipes profissionais no âmbito da indústria farmacêutica e cosmética; entre outras funções.
No Brasil, o primeiro curso de graduação em gerontologia foi ofertado pela Universidade de São Paulo (USP) em 2005, até então cursos na área só estavam disponíveis como pós-graduação.
“O objetivo da Moção é acelerar a tramitação desse importante projeto na Câmara dos Deputados, uma vez que aprovada melhorará em muito a qualidade de vida dos idosos, que poderão contar com mais profissionais especializados para seu acompanhamento”, explicou Ana Genezini.

O projeto de Lei nº 6.764/2016 ainda precisa ser analisado pelas comissões de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa; de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.